Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Eliana Bueno-Ribeiro celebra Lygia Fagundes Telles em tarde/ noite memorável no PEN Clube do Brasil.

Eliana Bueno-Ribeiro celebra Lygia Fagundes Telles em tarde/ noite memorável no PEN Clube do Brasil.

Cultura por Alberto Araújo em 2015-08-23 11:11:36



Na  última segunda-feira, 10 de agosto de 2015,  o salão de conferências  Marcos Almir Madeira do PEN Clube  do Brasil ficou totalmente lotado por seletíssima assistência de vários âmbitos culturais.  A  professora-doutora Eliana Bueno-Ribeiro, residente em Paris  há vinte e cinco anos,  proferiu  a  conferência diferente já no título:  "AS MENINAS DE SUAS MÃES" - MATERNIDADE E FILIAÇÃO em torno  da obra de Lygia Fagundes Telles".

O encontro foi aberto  pelo Presidente do PEN Clube,  Dr. Cláudio Aguiar  que   apresentou a conferencista, professora aposentada  da  Faculdade de Letras da UFRJ, com Pós-Doutorado em Literatura Comparada na Nouvelle Sorbonne, Paris III. Professora em diversas universidades francesas, ela,  recentemente, recebeu um prêmio internacional  sobre a obra de Graciliano Ramos, atribuído pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil. O Presidente do PEN Clube elogiou seus livros:  Tonico Pereira  - O ator Improvável  - Uma autobiografia não autorizada, publicado pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo; Santo Antônio, pela Editora Paulinas e seu ensaio  Graciliano Ramos - A leitura do Mundo.- para o Concurso Internacional realizado pelo Itamaraty.

Com desembaraço e verve, a conferencista iniciou  a conferência, esclarecendo o título impactante  da palestra  "AS MENINAS DE SUAS MÃES" - MATERNIDADE E FILIAÇÃO".  Ela se Inspirou no poema  "O menino de sua mãe", de Fernando Pessoa, adequando-o, porém,     ao universo feminino para analisar os  quatro romances de Lygia Fagundes Telles:  Ciranda de pedra, Verão no aquário, As meninas e Horas nuas. A abordagem da sua exposição foi  psicanalítica e  partiu  da teorias de duas  autoras  representativas da área, cujos pressupostos  rapidamente sintetizou para o público.

Sempre com a  fala fluente sem se ater a consultar o  escrito no papel, a doutora Eliana resumiu  o enredo de cada uma das obras  analisadas. Ao relatar os episódios dos livros, ia discutindo a sempre conflituosa relação entre mãe e filha existente nos textos de Lygia Fagundes Telles.

Analisou detalhes dos comportamentos entre mãe e filha, justificando ser o de melhor  realização a do  livro  Horas nuas. A  protagonista é Rosa Ambrósio, uma atriz  esplendorosa, mas já  madura, e suas complicadas ligações com a filha.

A abordagem da Professora foi altamente inovadora. Até agora, ninguém tinha aprofundado essa questão  da maternidade e filiação com tais fundamentos  na obra da ficcionista.  Ela utilizou um viés bem diferente para  dissecar os  romances da autora. Este  ensaio  constará de seu livro sobre escritoras brasileiras, a ser publicado em 2016.

Eliana Bueno Ribeiro é niteroiense, filha do jornalista e historiador Ayrton Pinto Ribeiro, já falecido, embora  sempre lembrado em várias entidades culturais de Niterói. Há dois anos, a Câmara Municipal de Niterói prestou-lhe in memoriam  justa homenagem.

Tivemos uma tarde/noite digna de ser registrada em nossas páginas que  poderá tornar-se um documento  para futuras consultas dos internautas.

Focus  Portal Cultural, na pessoa de seu Diretor-editor, Alberto Araújo,  esteve presente  e cumprimenta a professora por mais esse sucesso.

Prezado foculista, eis abaixo algumas fotos do evento.

Para  acessar  o vídeo, clique no link do Focus Portal Cultural e assista à palestra, aqui colocada na íntegra. Merece  ser apreciada pelos amigos desta revista.



CLICAR NO LINK:

APOIO CULTURAL

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também