Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Palestra da Temporada FAN mostra a trajetória de Nelson Mandela

Palestra da Temporada FAN mostra a trajetória de Nelson Mandela

Cultura por em 2015-09-16 18:22:09

Palestra da Temporada FAN mostra a trajetória de Nelson Mandela,  o homem do século XX”, com o filósofo e mestre em história, Marcos Cardoso.
O evento integra a Temporada do Festival de Arte Negra – FAN 2015, promovido pela Fundação Municipal de 

Cultura e tem entrada gratuita.

O Memorial Minas Gerais –Vale recebe nesta quinta, dia 17, às 19h30, a palestra “Nelson Mandela - o homem do século XX”, com o filósofo e mestre em história, Marcos Cardoso. O evento integra a Temporada do Festival de Arte Negra – FAN 2015, promovido pela Fundação Municipal de Cultura e tem entrada gratuita.

Falecido em 2013, Nelson Mandela foi o maior líder pró libertação da África em relação ao colonialismo. Ficou preso durante 27 anos, por causa da sua luta contra o apartheid. Com todo o carinho e respeito, o Festival de Arte Negra, coerente com o propósito e valorizar e promover a cultura africana, convida o mestre Marcos Markim Cardoso para dar luz ao processo libertário deste homem do século XX .

O Festival de Arte Negra

Realizado pela Fundação Municipal de Cultura, o FAN 2015 acontecerá entre os dias 26 e 30 de novembro, no Circuito Cultural Praça da Liberdade e no Parque Municipal. 
Com o tema “Encontros”, a programação do 8º Festival de Arte Negra se organizará em torno de três eixos principais (apresentações artísticas, formação e intercâmbio; e atividades especiais). 
Uma das novidades desta edição é a criação da Temporada FAN.

Esta iniciativa que visa incorporar, em regime de parceria, as manifestações de matriz africana que são desenvolvidas pelos diversos atores da cidade e aqueles que nos visitam.
As atividades da Temporada FAN se iniciaram em maio e têm o ponto alto com a realização do Festival, em novembro. Estas ações integram o Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

O Festival é um dos maiores do gênero no Brasil e reforça a vocação da cidade para sediar eventos que respeitam a diversidade cultural e democratizam o acesso à arte. 
O FAN nasceu da necessidade de mostrar a vigorosa produção cultural de africanos e seus descendentes, residentes no país ou no exterior, inclusive com expressiva presença na cena artística de Belo Horizonte.
Logo, transformou a capital em pólo de reflexão sobre a arte negra atual, recuperou a sua história, apontou rumos e revelou talentos.

Consolidado, a cada edição explora novas possibilidades e conquista cada vez mais a atenção do público.
Durante o FAN, a cidade se alegra e se enriquece com a presença de intelectuais e artistas de grande qualidade e ao mesmo tempo assiste ao espetáculo de integração cultural que o Festival realiza.

Fonte - FMC

Fotos - Divulgação 




Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também