Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > Novos Registros - debate caricatura e literatura na capital mineira no século XX

Novos Registros - debate caricatura e literatura na capital mineira no século XX

Geral por em 2015-09-26 08:53:28

A Fundação Municipal de Cultura, por meio do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, apresenta as palestras de André Mascarenhas sobre “Traços de Belo Horizonte: a contribuição dos caricaturistas para o modernismo na cidade moderna”, e a palestra de Valdeci Cunha sobre “O Suplemento Literário do Jornal Minas Gerais: surgimento, recepção e encenação intelectual”. O encontro faz parte do projeto Novos Registros – Banco de Teses sobre BH e acontece dia 30 de setembro, às 19h, no auditório da Fundação Municipal de Cultura, Rua da Bahia, 888 – Centro. A entrada é gratuita.


André Mascarenhas é mestre em História pela UFMG e traz sua dissertação de mestrado que compreende identificar a relevância dos caricaturistas das décadas de 1920 e 1930 e suas produções artísticas como elementos que integraram o cenário modernista em Belo Horizonte. Soma-se aos objetivos deste trabalho identificar que estes tipos de manifestações se intensificam e relacionam a partir do desenvolvimento urbano e industrial da capital mineira. Para recolher os dados pertinentes à presente pesquisa foram consultados periódicos, revistas e jornais que continham charges e caricaturas, além de informações sobre os artistas enfocados a fim de analisar o ambiente artístico e cultural da capital mineira.


Valdeci Cunha é mestre em História e Culturas Políticas, e traz sua dissertação de mestrado que propõe a analisar o surgimento do Suplemento Literário do jornal Minas Gerais, as formas de apresentação do mesmo ao seu público leitor e a sua recepção. Serão analisados alguns depoimentos dos principais nomes envolvidos com o Suplemento, correspondência, recortes de jornais e alguns documentos depositados no arquivo pessoal de Murilo Rubião, encontrados no Acervo dos Escritores Mineiros/UFMG. Buscando estabelecer uma aproximação entre esse projeto e as possíveis relações que ele criou com as esferas de comunicação e espaço públicos em conexão com as temporalidades, a história e o jornalismo da cidade de Belo Horizonte.


Os espectadores terão direito a um certificado de participação. O documento deve ser solicitado por meio do livro de presença disponível no dia do evento e a sua entrega acontecerá ao final do debate.

 

Os trabalhos que compõem o projeto Novos Registros podem ser consultados, pessoalmente, no Banco de Teses do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, localizado na Rua Itambé, 227, Floresta.


SERVIÇO

Projeto Novos Registros – Banco de Teses sobre BH
“Traços de Belo Horizonte: a contribuição dos caricaturistas para o modernismo na cidade moderna” - André Mascarenhas
“O Suplemento Literário do Jornal Minas Gerais: surgimento, recepção e encenação intelectual” - Valdeci Cunha

Dia 30 de setembro, quarta-feira, às 19h
Fundação Municipal de Cultura  (Rua da Bahia, 888 – Centro)
ENTRADA GRATUITA
Informações para o público: (31) 3277-4665(31) 3277-4665


Fonte -  FMC
Foto   -  Divulgaão

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também