Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > O SHOW TEM QUE CONTINUAR...

O SHOW TEM QUE CONTINUAR...

Geral por Sandra Hasmann em 2015-10-19 22:02:57

Sempre fui uma apaixonada pelos filmes antigos, em especial os musicais. 
Assistir uma apresentação de dança com Fred Astaire e Ginger Rogers, ao som de Cole Porter,  no filme "Alegre Divorciada", ou com a longilínea Cid Charisse, dona das pernas mais famosas do cinema, em  "A Roda da Fortuna", levava-me a um mundo de sonhos e muito glamour, onde  mulheres belíssimas, amores intensos, vestidos maravilhosos, habitavam meu imaginário, e onde com certeza, eu também dançava, cantava, brilhava... Eu era menina, mas a paixão de meus pais pelo cinema e pela musica influenciaram meu modo de ser, minhas escolhas, e "desde sempre"  fui tocada por essa magia  do show business, com todo seu explendor.
Lembro-me que, ao visitar vovó, deliciava-me com as fofócas da "Revista do Rádio" e também da "Mexiricos da Candinha" (ela colecionava), e imaginava-me vestida como as maravilhosas vedetes do Stanislaw Ponte Preta, criador de "As Certinhas do Lalau",   de  corpos esculturais, que levavam as mulheres ao delírio com suas plumas e paetês, e os homens à perdição. Entre elas podíamos ver Aizita Nascimento,  Brigitte Blair, Carmen Verônica, Eloina, Íris Bruzzi, Mara Rúbia, Miriam Pérsia, Norma Bengell, Rose Rondelli, Sônia Mamede e Virgínia Lane... Era um sonho ler sobre elas e seus espetáculos, assim como  os grandes musicais da Broadway de Astaire e suas musas.
Mas - estarão se perguntando  vocês.. - por quê estou  fazendo essa "viagem no tempo" evocando os grandes espetáculos e a beleza dessa arte magnífica , e  a resposta é simples:  um Show Men de primeira grandeza, dotado de inteligencia  vibrante, criatividade, talento, olho clínico e demais atributos essenciais a um grande diretor, produtor, intérprete, enfim, todas as "categorias profissionais" do show business, nos foi levado para brilhar doravante no céu, com outras grandes estrelas... 
LUIZ CARLOS MIÉLE,  que aos doze anos começou a trabalhar como Rádio-ator e desde então nunca mais saiu fora do alcance dos holofotes, foi um ícone dos grandes espetáculos do teatro e dos programas musicais da televisão. 
Como produtor e diretor, trabalhou com Roberto Carlos, Elis Regina, Wilson Simonal, Sergio Mendes, Lenie Dale, Sarah Vaughan, Pery Ribeiro, Angela Maria, Alcione e Regina Duarte, entre tantos outros, e sempre com sucesso absoluto.
Falar sobre Miele é correr o risco de parecer piegas e omisso, tamanho o seu talento em lidar com pessoas, sempre com bom humor contagiante, elegância, enfim, total expertise . 
Não, não conseguiria ser plenamente fiel às suas qualidades e dons, e por essa razão encerro por aqui. Mas vocês podem  saber mais da biografia do Miele vendo a matéria do colega Alberto Araújo, que está bárbara!
Luiz Carlos Miele nasceu em São Paulo a  31 de maio de 1938, e partiu para as "estrelas maiores" no ultimo 14 de outubro de 2015.
A ele, o nosso tributo...

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também