Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Feira Internacional do Livro de Guadalajara conta com delegação brasileira pelo MinC

Feira Internacional do Livro de Guadalajara conta com delegação brasileira pelo MinC

Cultura por em 2015-10-31 14:12:01


 O Ministério da Cultura, representado pela Secretaria de Economia Criativa (SEC), realizou processo de seleção Conexão Cultura Brasil #negócios para seleção de empreendedores que participarão da Feira Internacional do Livro de Guadalajara - FIL (México), edição 2015.

 A  FIL é o maior mercado literário em língua espanhola do mundo  e foi fundada em 1987. O evento ocorre anualmente, durante cerca de 9 dias, e reúne editoras, agentes literários, tradutores, distribuidores, bibliotecários, além de autores e de um público estimado em 600 mil pessoas. A FIL 2015 acontecerá na cidade de Guadalajara, no México, entre 28 de novembro e 6 de dezembro. Informações adicionais sobre a FIL 2015 podem ser obtidas no website: www.fil.com.mx

 O objeto do  edital lançado pelo MinC consiste na seleção de 20 (vinte) empreendedores, para participação na Feira Internacional do Livro de Guadalajara, participando da seleção empreendedores do mercado literário, como: representantes de editoras, associações e coletivos literários; representantes de grupos, fóruns e núcleos literários; livreiros; curadores; agentes literários, em geral.  O proponente poderá representar a si próprio e/ou: editoras, associações, coletivos, grupos, fóruns ou núcleos, formalmente constituídos ou não; e empresas/entidades.

Dinorá Couto Cançado  é uma das selecionadas pelo Ministério da Cultura e  a descrição de atividades a serem apresentadas em Guadalajara é bem abrangente.

 Representando um coletivo de autores, a  proposta classificada, "Acessibilidade cultural por meio de livros, de Dinorá Couto Cançado, contempla 3 trabalhos:

            1) o livro Revelando autores em Braille, que divulga 58 escritores brasilienses participantes de projeto literário e 83 deficientes visuais, ambos autores em Braille - livro em tinta, em CD e em Braille.

            2) a trilogia "Receita Saudável", série infantil composta dos livros: Paçoca de Avô, Travessuras, A pipa que tomou banho; uma junção da literatura com a gastronomia. Livros em tinta e em Braille, com ilustrações adaptadas em alto-relevo e pôster com áudio-descrição.

            3) a coletânea "50 projetos mapeados em Brasília, capital das leituras" - página de cada ação de sucesso no Distrito Federal, com minibiografia dos autores responsáveis, mapeados desde 2007, pelo Fórum Brasília, capital das leituras,  agrupados num dossiê que ilustra e inspira artigos, matérias e mais projetos exitosos, a serem publicados em livro. Sete desses projetos são desenvolvidos na Biblioteca Braille Dorina Nowill, sede do trabalho voluntário da autora.

            Além dos 3 trabalhos a serem levados a uma das maiores Feiras de Negócios do mundo, Dinorá levará outros materiais  de leituras acessíveis, como: CDs/áudio-livros, reglete, punção, pôster, fantoches, que facilitam a acessibilidade cultural por meio de livros.

            Além do trabalho voluntário, Dinorá participa de outras ações, tornando-as inclusivas na Biblioteca Braille, sede de seu trabalho voluntário, há 20 anos: projeto/livro Revolucionando Bibliotecas; dicas de leituras nas férias/Programa Cotidiano/Rádio Nacional; eventos da semana de Ação Mundial da Campanha Nacional de Educação; parceira nacional no DF e colunista virtual do Portal da Rede sem Fronteiras, com a coluna "Inclusão social brasiliense".

 

 

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também