Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > UM DEDINHO DE PROSA FINAL (de 2015, claro!!)...

UM DEDINHO DE PROSA FINAL (de 2015, claro!!)...

Geral por Sandra Hasmann em 2015-12-24 21:49:27

"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós..." - João 1-14

E a cabeça inquiridora da escritora começa a buscar respostas transcendentais, nas interconexões neurais a espocarem, provavelmente, tanta luz quanto as que surgem no nascimento das estrelas no berço da eternidade . E eis que  um flash nesse emaranhado cósmico, traz em neon a frase "O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima"- da lei hermética da correspondência ( e não é que, de fato, tudo se conecta?!). Pronto! Nasce aí outra grande sacada: "E o Verbo (palavra, intenção, determinação, ação??) se fez carne (matéria, expressão física??) e habitou entre nós.. E A PALAVRA, A INTENÇÃO, MATERIALIZOU-SE, ancorando nesse nosso lindo planeta azul!! E cá estamos, mais de dois mil anos depois, a ruminar feito camelos, sem conseguir digerir, quiçá assimilar, o grande mistério da chegada desse menino que mudou a história da humanidade, e menos ainda a Gênesi da nossa própria historia evolutiva. A frase "Pensar é criar" ainda é um mistério para quase todos nós, que rumamos a passos largos para um Apocalipse inevitável se não acessarmos a nossa "pedra filosofal do entendimento!"

Com as emoções à flor da pele, o espanto estampado nos olhos e as esperanças por um fio, testemunhamos a agonia de um 2015 que, barbado, maltrapilho, estrupiado, parece querer fugir de nossas vistas, implorando ao grande Khronos um quase blasfêmico "PARE O MUNDO QUE EU QUERO DESCER"! E temos que entender, afinal, chegar a termo VIVO nesse caos que se instaurou no planeta Terra, é quase um milagre. Mas a escritora tem uma mente infantil, tal qual a do menino na manjedoura, diante do qual delineia-se toda uma jornada de possibilidades infinitas para desenvolver Seu potencial, exercitar Sua divindade, realizar Seus prodígios...

 PROMESSA. É isso, o Natal é a promessa de que, quando o homem entender quem é e a que veio, o Paraíso Perdido se materializará novamente entre os homens de boa vontade.

Queridos, mais uma jornada cumprida ao longo de um ano repleto de antagonismos, paradoxos, alegrias, tristezas, mas cá estamos nós, sobreviventes na nave-Terra, rumo a um Novo Ano que já desponta no horizonte pleno de possibilidades. Que possamos continuar assim, unidos em ideais de renovação, e fé na potência do conhecimento e crescimento, que só a Cultura e o discernimento podem viabilizar. Com isso quero dizer que está em nossas mãos a criação desse tão sonhado "admirável Mundo Novo", onde o AMOR é a mola propulsora na realização de todos os sonhos e projetos.  Que a Ética possa nortear cada ato, e  essa ganância estúpida que, feito um dragão voraz, provocou tantas tragédias nesse ano, seja banida com seus algozes militantes do mal, para esferas onde possam ter a chance derradeira de  humanizar-se.

Minha sincera gratidão  a cada um de vocês que trilhou conosco mais essa jornada, levando um pouquinho de esperança e entendimento por esse mundão sem fronteiras.

Que a mensagem do Cristo possa ser melhor entendida no ano vindouro, afinal somos todos irmãos e a Terra é o nosso lar comum, onde o Criador, em Sua descomunal sabedoria, deixou absolutamente TUDO para que Seus filhos pudessem crescer e multiplicar na Luz do conhecimento do BEM.

Tenham todos um FELIZ NATAL, e que o ANO NOVO nos surpreenda com boas novas maravilhosas.

Na "Crística sintonia das estrelas maiores"...

Sandra Hasmann

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Selmo Vasconcellos

Maravilha!!!

Publicidade

Veja também