Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Solenidade de entrega do Título Intelectual do Ano 2015 à professora, doutora Márcia Pessanha.

Solenidade de entrega do Título Intelectual do Ano 2015 à professora, doutora Márcia Pessanha.

Cultura por Alberto Araújo em 2016-01-04 22:09:29

Aquela pessoa que usa o seu "intelecto" para estudar, refletir ou pesquisar acerca de ideias, de modo que o uso de seu raciocínio possua uma relevância social e coletiva; pessoa que se destaca perante outras; que sabe usar a razão. Alguém inteligente, culto. Tais são as definições de "Intelectual", apresentadas nos dicionários.

Quando, portanto, falamos em inteligência, pensamos em intelectualidade, e claro, não pode caber imprecisão sobre o estilo contínuo dessa finura. E menos ainda dela podemos duvidar, em se tratando de quem nos oferece, sua vibrante e constante presença na vida intelecto-cultural de nossa cidade. Que carrega na alma e no coração admiráveis e densos arquejares literários. Conquistou o seu espaço no sistema educacional e cultural, e além, participa dos céleres movimentos das mudanças do mundo, desejando um templo universal partilhado, cheio de amor, paz e solidariedade. Estamos falando de MÁRCIA MARIA DE JESUS PESSANHA, que merecidamente foi agraciada, com o TÍTULO INTELECTUAL DO ANO 2015.

O TÍTULO E A COMENDA

A escritora e educadora MÁRCIA MARIA DE JESUS PESSANHA recebeu o TÍTULO INTELECTUAL DO ANO 2015 e a COMENDA IFEC DE CULTURA, em 5 de dezembro de 2015, em solenidade bastante prestigiada por acadêmicos, amigos, familiares e diversos segmentos da cultura niteroiense. A festividade aconteceu no Salão Nobre da Academia Fluminense de Letras na Praça da República no Centro de Niterói - RJ - Brasil.

A acadêmica foi eleita a “INTELECTUAL DO ANO” pelo seu trabalho acadêmico em prol da tradição litero-cultural de nossa comunidade e por sua longa carreira no campo literário e docência brasileira, como instituidora e gestora pública.

AS CONCESSÕES

As honrarias foram conferidas pelo IFEC - Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência, entidade presidida e chancelada pelo Dr. Raymundo Nery Stelling Junior, juntamente às várias entidades literárias de Niterói, onde as quais a mentora atua e participa intensamente.

O DISCURSO DE CUMPRIMENTO

A entrega da Comenda IFEC de Cultura e o discurso da saudação foram conferidos pelo escritor, acadêmico, doutor Waldenir de Bragança, presidente da Academia Fluminense de Letras, que pronunciou brilhante discurso, enquanto na tela eram projetadas imagens reveladoras da trajetória cultural e da vida familiar de Márcia Pessanha.

O DISCURSO DA INTELECTUAL 2015

Naquela manhã festiva, em seu pronunciamento a educadora iniciou seu discurso com as sábias palavras de Clarice Lispector: 

"Dizem que a vida é para quem sabe viver, mas ninguém nasce pronto. A vida é para quem é corajoso o suficiente para se arriscar e humilde o bastante para aprender".


Em atitude de gratidão aos que sempre a ajudaram a seguir na área educacional e cultural, dedicou em primeiro a premiação aos seus pais Renal Ribeiro de Jesus e Maria José Pacheco de Jesus (os dois entes queridos encontram-se falecidos), ao seu esposo Aldo Pessanha, aos filhos Marcello e Aldo, à sua nora Bruna e aos seus netos Bento (benção); Luiza (luz); Benjamin (felicidade) e Bernardo (para mim), que em pouco tempo chegará ao mundo.

Ao final do discurso,  agradeceu também a todos os que a auxiliam e a seguem em sua caminhada literário-acadêmica e finalizou, oferecendo ao público as encantadoras palavras poéticas da escritora Clarice Lispector:


"O caminho que eu escolhi é o do amor.

Não importam as dores, as angústias,

nem as decepções que vou ter que encarar.

Escolhi ser verdadeira.

No meu caminho, o abraço é apertado,

o aperto de mão é sincero.

Por isso, não estranhe a minha maneira de sorrir

e de te desejar tanto bem.

Eu sou aquela pessoa que acredita no bem,

que vive no bem e que anseia o bem.

É assim que eu enxergo a vida

E é assim que eu acredito que vale a pena viver".


MOÇÃO DE APLAUSOS

No final da comemoração foi entregue à Intelectual Márcia Pessanha, uma Moção de Aplausos, de autoria do nobre Vereador Bruno Lessa, pela Titulação de Intelectual do Ano por diversas Entidades Literárias.

A solenidade contou com a presença de diversas personalidades da cultura, educação e política de nossa metrópole e foi dirigida pelo presidente do IFEC, Dr. Raymundo Stelling Jr., que relatou como foi criado o Título e a ilustre lista de agraciados com a honraria.


CRIAÇÃO DO TÍTULO


O Título Intelectual do Ano foi criado pelo bibliófilo Carlos Silvestre Mônaco. É uma honraria que desde 1987 é conferido pelo GRUPO MÔNACO DE CULTURA o qual se destacou no campo da intelectualidade até no ano de 2014. No ano 2015, a Titularia passou a ser integralmente do IFEC - Instituto Interamericano de Fomento à Educação, Cultura e Ciência, coordenado pelo professor, doutor Raymundo Nery Stelling Jr, conjuntamente com as entidades culturais de nossa cidade.


OUTRAS PERSONALIDADES QUE FORAM LAUREADAS COM O TÍTULO INTELECTUAL DO ANO.


ALBERTO FRANCISCO TORRES - 1987.

MARIA JACINTHA LOPES TROVÃO DE CAMPOS - 1988

RAUL DE OLIVEIRA RODRIGUES - 1989

ÂNGELO LONGO - 1990

LUÍS ANTÔNIO PIMENTEL - 1991

LOU PACHECO - 1992

HORÁCIO PACHECO - 1993

LYAD SEBASTIÃO GUIMARÃES ALMEIDA - 1994

ALAÔR EDUARDO SCISÍNIO - 1995

ALMANIR GREGO - 1996

GERALDO MANTEDÔNIO BEZERRA DE MENESES - 1997

CARLOS TORTELY RODRIGUES DA COSTA - 1998

MIGUEL COELHO DA SILVA - 1999

NILO NEVES - 2000

EDMO RODRIGUES DE LUTERBACH - 2001.

MARIA DA CONCEIÇÃO PIRES DE MELLO - 2002

MILTON NUNES LOUREIRO - 2003

WANDERLINO TEIXEIRA LEITE NETTO - 2004

ALOYSIO TAVARES PICANÇO - 2005

CARLOS SILVESTRE MÔNACO - 2006

ANÍBAL BRAGANÇA - 2007

JORGE FERNANDO LORETTI - 2008

JOSÉ INALDO ALVES ALONSO - 2009

NEIDE BARROS RÊGO - 2010

WALDENIR DE BRAGANÇA - 2011

ROBERTO SANTOS ALMEIDA - 2012

SÁVIO SOARES DE SOUSA - 2013.

SANDRO PEREIRA REBEL - 2014.

MÁRCIA MARIA DE JESUS PESSANHA - 2015.


Márcia Pessanha em sua atuação como professora, escritora e gestora cultural nunca se recusou a encarar os principais temas educacionais e culturais do momento. Por meio de suas atividades e compromissos com a sociedade, por essas atitudes compatrícias e geniais atuações educativas, tornou-se a Intelectual do Ano 2015. disse: Alberto Araújo - jornalista e editor desta revista cultural.


 

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também