Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Seminário de Acessibilidade Cultural para produtores

Seminário de Acessibilidade Cultural para produtores

Cultura por em 2016-03-03 21:25:39

 

                                Seminário de Acessibilidade Cultural para produtores

 

            Promovido pela Subsecretaria de Cidadania e Diversidade Cultural da Secretaria de Estado de Cultura do DF,  o seminário ocorrido no Museu da República, no dia 2/3/16,  contou com mais de 60 participantes, destacando-se os  deficientes visuais. Quatro funcionários da Biblioteca Braille Dorina Nowill estiveram presentes e,  dentre  eles, Noeme Rocha que, a convite da ABDV - Associação brasiliense  de deficientes visuais, compareceu ao ensaio prévio no museu, em  22/02/16, recebendo orientações quanto ao evento e quanto à vivência  que os deficientes visuais orientariam na execução da mesma.

            O evento para realizadores de cultura do DF objetivou  tirar dúvidas e  proporcionar vivências. Imagine a seguinte situação: você é cego e precisa tocar uma escultura para compreendê-la, porém, você não pode tocá-la, pois a exposição não permite. Como seria sua relação com a arte, tendo em vista que a maioria das exposições são assim?  Pensando nesses limites para as pessoas com deficiência e nas dificuldades que muitos produtores encontram de tornar seus eventos acessíveis, a Secretaria de Cultura, por meio da  Subsecretaria de Cidadania e Diversidade Cultural, realizou, no dia 2 de março, no Auditório do Museu Nacional da  República, o Seminário de Acessibilidade Cultural para Produtores.

            Voltado para produtores e realizadores de atividades culturais  do Distrito Federal, o seminário teve por objetivo apresentar as  normas de Acessibilidade aplicadas à Cultura, explicar a Lei Brasileira de Inclusão e o seu impacto nas produções culturais do DF, bem como oferecer um panorama a respeito de Acessibilidade, Acessibilidade Cultural, Arte Inclusiva e assuntos relativos.

            Esta é uma demanda que já vem sendo apresentada pelo segmento  há um tempo e que dá continuidade a uma série de ações anteriores  da Secretaria. A primeira edição do Seminário foi oferecida internamente, para todas as Subsecretarias. Depois, foi a vez das/os Gestores de Cultura das Regiões Administrativas participarem e agora expandiram ao público externo.

            A programação contou com um coffee break inclusivo, com as presenças do Secretário de Cultura Guilherme Reis, do Secretário Nacional da Pessoa  com Deficiência Antonio José Ferreira e de várias autoridades no assunto.

            Uma  Vivência  intitulada – A Cegueira e o Atendimento à Pessoa com  Deficiência Visual nos Espaços Culturais - contou com a orientação da Associação Brasiliense de  Deficientes Visuais - ABDV.  O que é Acessibilidade, Acessibilidade Cultural e suas diferenças  foi apresentada por Alê Capone, produtora cultural.

             Na parte da tarde,  vários temas interessantes e destaque para  a palestra - O que é Arte Inclusiva e quem são seus integrantes, com a  Professora   Renata Rezende,  do Instituto Federal de Brasília.

            O secretário de Cultura, Guilherme Reis, participou, ativamente,  da abertura do Seminário de Acessibilidade Cultural para Produtores. O secretário destacou a importância de pensar a acessibilidade em todos os editais, projetos, e políticas públicas, dizendo que estarão  no Fórum de Secretários em Florianópolis e levarão essa pauta da inclusão e da acessibilidade também para outros Estados, destacando que esta é a terceira edição do seminário. Nesta edição, voltada para produtores, o objetivo foi de compartilhar as informações necessárias para promover o máximo possível de acessibilidade nas atividades culturais do DF.

Mais informações: Subsecretaria de Cidadania e Diversidade Cultural -  acessibilidadeculturaldf@gmail.com

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também