Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Literatura > Sandra Fayad, autora do Grupo Poetas Amigos

Sandra Fayad, autora do Grupo Poetas Amigos

Literatura por Dinorá Couto Cançado em 2016-03-15 16:48:17
Entrevista com escritoras  para o Portal da Rede sem Fronteiras
http://redesemfronteiras.com.br/colunista_ver.php?colunista=86
Escritora convidada: Sandra Fayad

1. Há quanto tempo escreve? desde 1984.  Enumere suas obras já publicadas: 1. Animais que Plantam gente; 2. Cerrado Capital - A vida em duas estações; 3. Poemas Síntipos; 4. Histórias de Jorge, o Batuta; 5. As viagens de Oliva.

2. Algum fato cultural influenciou sua vida, quando menina ainda, na sua carreira como escritora? Sim. a leitura de vários clássicos e de romances na adolescência.

3. Conte aos leitores do JSF alguns fatos significativos, do inicio aos dias de hoje, agrupados em 3 momentos, ok?
Primeiro: escrevia poesias e cartas para registrar meus sentimentos e impressões (1960-1984); segundo: com a internet passei a frequentar sites de relacionamentos e escrever textos e poemas para um jornal virtual semanalmente (2002-2004); tornei-me colunista de um jornal impresso para escrever sobre meio ambiente (2005-2007) e passei a escrever livros (2008).

4. Em suas participações pela cidade, país ou mundo, destaque 3 pessoas ou fatos que a tocaram mais, em suas andanças literárias.
Fernando de Oliveira (Ferool), que me encaminhou para Vânia Diniz, editora do Jornal Virtual Ecos de Literatura Lusófona; Dickson Ullhoa, diretor do Diario de Catalão que me convidou para ser colunista no Jornal Diário de Catalão; Celso Brasil (PR) e Arlete Piedade, Daniel Teixeira (falecido), Joaquim Sustelo e outros autores/editores portugueses que me abriram portas no mundo lusófono; e Ignácio de Loyola Brandão, que recomendou formalmente meu primeiro livro.

5. Como a literatura influencia na cultura de um povo?
Vou repetir as palavras de Ignácio de Loyola Brandão em uma de suas palestras, quando perguntado sobre o universo de leitores que suas obras atinge: " É impossível quantificar e saber onde vai parar e como vai ser usado o que escrevemos".  Acrescento: a literatura influencia sempre.É o conhecimento que define os rumos da humanidade. A literatura é o caminho para o conhecimento.

6. Fale sobre seu perfil de participação em eventos de sua área de atuação que já participou ( tipo, nome, lugar e ano)...informe links de referência. O foco do meu trabalho literário é resultante da observação e da efetiva atuação junto ao meio ambiente.  Fui homenageada em Portugal nos anos de 2010 e 2012 por grupos de poetas do “Horizontes da Poesia” e da “União Lusófona das Letras e das Artes”, foi ainda convidada a participar do periódico impresso Al Sununu em Damasco (Síria). Algumas de minhas poesias são publicadas também em Árabe, Inglês e Francês. Participei da I e da II Bienal da Poesia de Rua de Brasília (Bienal do “B”), da 30ª Feira do Livro (DF), da 2ª Coletânea Poética do Guará, da 1ª Bienal Internacional de Poesia de Brasília, da III Feira do Livro de Sergipe, do I Festival de Literatura de Catalão (GO), da VI Bienal do Livro de Alagoas e, desde 2005, participo ou organiza eventos de literatura em Brasília e Goiás. Fui entrevistada pelo Programa Corrente Cidadã da TV Câmara, e pelo Programa Iluminuras da TV Justiça. Sou membro correspondente da Academia Ceilandense de Letras e Artes Populares (ACLAP/DF) e da Academia Catalana de Letras (ACL- GO). Fui colunista do Jornal “O Liberal” de Cabo Verde ( África). Participo ativamente de vários Grupos de Literatura no Brasil e no exterior. Criei e administro o Grupo Poetas Amigos (Facebook). Mais sobre mim, favor consultar: www.sandrafayad.prosaeverso.net .

7. Descreva até 3 projetos em andamento realizados nos 3 últimos anos. 1. tradução do livro "As viagens de Oliva" para o Espanhol ( em impressão); 2. participação no segundo encontro de escritores lusófonos em Lisboa ( set/2016); 3. preparação para escrever o segundo de uma série de 5 livros infantis ( 2016).

8. Explique como sua participação nos eventos contribui para o desenvolvimento de seu trabalho e para o seu setor de atuação como um todo? É quase sempre uma boa oportunidade de ampliar relacionamentos e realizar trocas de informações.

9. Escolha até 10 fotos de seus arquivos que ilustram sua carreira literária postadas ao lado da entrevista.

10. Que recado literário/cultural quer deixar aos leitores do JSF?
Tive oportunidade de conhecer a publicação do Jornal Sem Fronteiras recentemente. Fiquei surpresa com o alcance e variedade de suas reportagens. Estão de parabéns editores, colunistas e leitores. Praticar a atividade literária é abraçar a missão de transmitir conhecimentos e valores que mudam conceitos e rumos da humanidade. Parabéns a todos!

Para conhecer mais de sua carreira literária, acesse: www.sandrafayad.prosaeverso.net .

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Sandra Fayad

Agradeço à colunista Dinorá Couto Cançado e aos editores da rede sem Fronteiras a publicação da entrevista que promove o meu trabalho literário.

Sandra Fayad

Agradeço à amiga e colega das Letras, Dinorá Couto Cançado, pela divulgação da minha trajetória literária e do meu pensamento pessoal, através desta entrevista muito bem conduzida.

Publicidade

Veja também