Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Literatura > A Morte de Myriam Fraga (1937-2016)

A Morte de Myriam Fraga (1937-2016)

Literatura por Diego Mendes Sousa em 2016-03-26 22:06:23

A Morte de Myriam Fraga (1937-2016) - Grande Nome da Poesia

A baiana Myriam Fraga, um dos maiores nomes da poesia brasileira contemporânea

(Myriam Fraga nasceu na Bahia, em 1937, e morreu nos idos de fevereiro de 2016)

 

====

 

A ESFINGE

 


Revesti-me de mistério
Por ser frágil,
Pois bem sei que decifrar-me
É destruir-me.

No fundo, não me importa
O enigma que proponho.

Por ser mulher e pássaro
E leoa,
Tendo forjado em aço
As minhas garras,
É que se espantam
E se apavoram.

Não me exalto.
Sei que virá o dia das respostas
E profetizo-me clara e desarmada.

E por saber que a morte
E a última chave,
Adivinho-me nas vítimas que estraçalho.

 

=====

 

RAINHA VASHTI (2015) foi o último livro de poemas de Myriam Fraga

 

=====

 

 

CORIFEU

 

Uma história que se conta
É como um livro sem data,
Escrita que se adelgaça

Nos longes do entendimento.

Esquecimento e lembrança
Unidos na mesma festa,
Perdidos na mesma dança.

Um reino que se esfumaça,
É só um ponto no mapa,
Somente um sonho, mais nada.

Como uma nuvem que passa,
Como chama que se apaga,
Os moinhos da memória
Giram no rumo do vento,

E as areias do silêncio
Encobrem o rumo traçado
Nos escondidos do tempo.

 

(Fernanda Montenegro, Myriam Fraga e Zélia Gattai)

 

==========

Poemas de Myriam Fraga

Minuta de Diego Mendes Sousa

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também