Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Sansão Pereira, um dos artistas de maior expressão de nosso país, recebe o Sem Fronteiras em seu atelier.

Sansão Pereira, um dos artistas de maior expressão de nosso país, recebe o Sem Fronteiras em seu atelier.

Cultura por em 2014-10-17 23:15:57

Essa matéria era para ser publicada na próxima edição de nosso jornal, mas eu não resisti e decidi fazer, agora, uma introdução à matéria completa de duas páginas que publicaremos na edição 11 (dez/jan). É impossível passar uma manhã inteira com um artista respeitado e admirado internacionalmente e não perceber que além de todo o talento e jornada profissional, ele é uma das pessoas mais doces, carinhosas e pacientes que se pode conhecer e, ainda assim, ter que aguardar para publicar a matéria. Por isso, introduzo aqui o que amplamente divulgaremos na próxima edição, para que você, leitor, já possa ir se envolvendo também com essa figura ímpar do mundo das artes. 

Sansão Pereira recebeu o Jornal Sem Fronteiras em sua casa na Av. Atlântica, em Copacabana (RJ), onde possui seu atelier e onde já, há alguns anos, transformou-se em ponto de encontro de seus amigos artistas. Acompanhou-me nessa jornada Marly Bárbara (Presidente da ABD – Associação Brasileira de Desenhos e Artes Visuais) e a artista plástica Verônica Haikal, vizinha e amiga de Sansão. 

            Apesar de certa debilidade, causada pela recuperação de uma recém-operação e pelos seus 95 anos de idade, o artista é uma pessoa cheia de vida e mostra com alegria a energia e desejo para continuar a sua jornada.

Pergunto se ele já havia criado tudo que desejou ao longo de sua vida, se estava satisfeito com sua jornada e ele responde: “Nunca! Quero continuar produzindo! Tenho sempre projetos novosAntes mesmo de terminar um, já fico pensando no próximo!” E assim o faz. Ele me mostra a tela que tinha finalizado dois dias antes de nossa visita. O artista, atualmente, pinta de dois a três dias por semana. E nos conta, animado, sobre a reforma de seu apartamento, para receber o filho que volta do Japão para morar com o pai. Mostra-nos, ainda, o teto em formato de uma espécie de abóboda, no hall de entrada do apartamento, que já está preparado para ser pintado por ele.

Sansão Pereira é uma artista de talento, que faz uso da Arte dentro da mais variada temática, sem se limitar a modismos ou tendências. Sua carreira artística nos fascina pela diversidade de olhares que nos proporciona através das suas obras.  

Sansão tem no seu currículo a realização de mais de 30 mil obras de Arte. Um trabalho que o coloca,hoje, como um dos maiores expoentes da Arte Contemporânea brasileira, respeitado pelos maiores críticos do mundo das artes. Seus quadros, suas pinturas e seus murais estão distribuídos por museus, pinacotecas, aeroportos, igrejas e coleções particulares. Obras essas que podem ser vistas em vários países e estados brasileiros, como nos aeroportos do Rio de Janeiro e Manaus e, no Acre, no Palácio Rio Branco e na Catedral Nossa Senhora de Nazaré.

Ao longo dos 70 anos de carreira, recebeu expressivo número de medalhas e menções honrosas, tornando-se um dos artistas mais laureados do panorama da Arte Internacional, já tendo realizado exposições na Alemanha, Argentina, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos da América, França, Japão, México, Paraguai, Portugal e Uruguai, além de diversas exposições individuais por todo o Brasil.

Sansão deixou sua terra natal, o Seringal Catapará, ainda jovem, lá pelos anos 30. Seguiu para o Rio de Janeiro e, após cursar Engenharia Elétrica, fez seu PHD nos Estados Unidos, manifestando o interesse pelas artes nesse mesmo período. Ao retornar ao Brasil, instala-se no Rio de Janeiro, onde constrói uma carreira segura e de sucessos.

Sansão deixa claro, entre uma história e outra, o seu grande amor por sua terra natal, o Acre, e mostra, em seus catálogos, inúmeras obras inspiradas no local. Contou-nos sobre sua última exposição no Rio Branco, por ocasião do aniversário de 131 anos da cidade, onde expôs 95 telas, sendo essa a maior exposição individual de quadros de que se tem notícia no mundo: foram 95 telas pintadas no estilo neoimpressionista, que retrataram paisagens amazônicas, mulheres, fatos e personalidades históricas.

Sansão conta-nos do desejo de presentear a sua conterrânea e amiga Marina Silva (candidata à Presidência da República) uma obra retratando a bandeira do Brasil, uma de muitas que já retratou. 

Sansão Pereira, exemplo vivo de humildade e altruísmo – mesmo diante de uma obra de tanta grandeza como a sua – nos faz ter orgulho de tê-lo como referência da Arte Brasileira. Faz-nos ter orgulho de sermos brasileiros.

Acompanhe a matéria completa em nossa próxima edição.

           

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também