Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > FESTIVAL NACIONAL DE CULTURA POPULAR - INTERCULTURALIDADES, no Centro de Artes da UFF. Confira.

FESTIVAL NACIONAL DE CULTURA POPULAR - INTERCULTURALIDADES, no Centro de Artes da UFF. Confira.

Cultura por Alberto Araújo em 2016-08-23 20:41:16

Começou no dia 12 de agosto (sexta-feira), o FESTIVAL NACIONAL DE CULTURA POPULAR - INTERCULTURALIDADES, no Centro de Artes da UFF (Universidade Federal Fluminense) e com atividades em vários locais do Rio de Janeiro. Com mais de 100 atrações programadas para os próximos dois meses, o Festival Nacional de Cultura Popular – Interculturalidades 2016, organizado pelo Centro de Artes UFF, com apoio do Ministério da Cultura, faz parte da Maratona Cultural da Universidade Federal Fluminense.



Sua programação promove a junção das várias culturas brasileiras. Do maracatu ao frevo, samba e funk, a programação dos próximos dois meses se espalha por diversos locais da cidade do Rio de Janeiro, além de Duque de Caxias e Niterói. As atrações são totalmente gratuitas. Serão cortejos, shows, peças teatrais, cinema, artes visuais e rodas/mesas de saberes que mostram um Brasil de tradições, religioso, festeiro, além de múltiplo e ao mesmo tempo singular. A mostra de cinema também gratuita, trouxe uma seleção de filmes e documentários voltados para o cenário atual da política e sociedade, com mesas de debates após várias das exibições. Entre os palestrantes, o reconhecido cineasta Jean Claude Bernadet.


O Maracatu esquentou a abertura do evento, trazendo a tradição e alegria de Pernambuco em oficinas de dança, percussão e vivências com o grupo Maracatu Estrela Brilhante.


E no sábado (13), foi vez do cantor e compositor Chico César, o artista se apresentou às 21h no Teatro da UFF, com o show "Estado de Poesia".


No domingo (14), às 20h, o compositor Arnaldo Antunes, se apresentou com o show "A Casa é Sua", em tom intimista, acompanhado de Chico Salem (violão e guitarra) e André Lima (teclados e sanfona), também no Teatro da UFF. O cortejo Pernambucália, durante o fim de semana, percorreu as ruas de Niterói. O encontro, marcado foi no MAC, que foi puxado pelos famosos bonecos Gigantes de Olinda, Zé Pereira e Vitalina, com ponto final no jardim da Reitoria.


Já a partir das 10h, uma vasta programação infantil ilustrou também o jardim, com o espetáculo Giramundo: Um Baú de Fundo a Fundo - um resgate de lembranças, lendas, histórias e cantigas populares. Culturas indígenas também estiveram presentes por meio de oficinas e de corais infantis, além de fazerem parte de uma roda de conversas. A primeira semana de Festival fechou com os “Encontros de Bois”, que dançaram em reinvenções modernas e interculturais do Bumba Meu Boi, criando laços de identidade e de superação em suas representações. Os bois Cara de Rua, Jabuti Bumbá, Arreda Boi, Floresta e Brilho de Lucas foram as estrelas.


Até setembro, as diversas culturas do Brasil estarão representadas no evento em mais de 100 atrações que ocuparão os espaços da Reitoria da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, Feira de São Cristóvão, Parque das Ruínas e Parada de Lucas, no Rio de Janeiro e na Praça do Pacificador, em Duque de Caxias. Os eventos realizados no Teatro da UFF e no Cinema também entraram na programação e serão gratuitos no decorrer do Festival, com distribuição de senhas uma hora antes do início.



FONTE: http://maratonaculturaluff2016.com.br/festival-nacional-cultura-popular-interculturalidades/






Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Ivison Teixeira

Os Bonecos Gigantes, Zé Pereira e Vitalina, que participaram do Festival, não são de Olinda e sim da Cidade de Belém do São Francisco, Pernambuco, a Terra dos Primeiros Bonecos Gigantes do Brasil. Retifiquem, por favor!

Publicidade

Veja também