Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > Minha vida mudou com o “Sem Fronteiras”

Minha vida mudou com o “Sem Fronteiras”

Geral por em 2014-04-04 13:00:46

Quando recebi pela primeira vez o “Jornal Sem Fronteiras”, senti que ali não estava simplesmente um jornal comum. Havia algo de diferente nele. Me deparei com tantas coisas  interessantes! Pensei: “Esse jornal não pode ficar só para mim; ele tem de ser divulgado intensamente, pois ele pode e tem força para mudar a cultura de nosso  país, pois é um grande veículo cultural.”

            Pensando assim, pedi que me fossem enviados mais jornais e comecei a distribuí-lo em bibliotecas, centros culturais, galerias de artes, lançamentos de livros, saraus, eventos literários, editoras, feiras, etc.

            Esta atitude de levar conhecimento ao público de que há cultura no Brasil e no mundo, me fazia feliz, percebi que as pessoas recebiam o “Jornal Sem Fronteiras” sempre com largo sorriso.

            Foi aí que senti que meu trabalho de “jornaleira voluntária” valia a pena. Eu estava semeando cultura, para mudar o Brasil.

            Mal sabia eu, que estava mudando minha vida também...

            Foi através deste trabalho que fiquei conhecida e esperada nos lugares mais importantes de Belo Horizonte. Muitas portas se abriram a ponto de: (não vou dizer o nome por questões de ética), uma pessoa que estava presidindo uma reunião, ao saber que eu estava lá, interrompeu, foi me receber em particular com muito carinho e deu ordens para que o jornal fosse distribuído em todas as bibliotecas.   

            Agora, sou convidada a dar palestras em escolas, igrejas e, com isso, meu livro e o Jornal estão sendo requisitados, via internet e em cidades do interior de Minas  Gerais que ainda não conheço! 

            Ser parceira do “Jornal Sem Fronteiras”, só tem me trazido alegrias e satisfação, pois não só distribuo cultura, mas também “adquiro” cultura, pois acabo conhecendo pessoas que também se preocupam com ela. “O BRASIL NÃO ESTÁ ABANDONADO”.

            Vamos disseminar a cultura através do “Sem Fronteiras”, porque “Juntos seremos mais fortes”.

            Parabéns, DYANDREIA PORTUGAL, por mais esse Sucesso!

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também