Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Eventos > Sala de Leitura de Escola Municipal do Rio de Janeiro recebe o nome do escritor, poeta e professor Luiz Gilberto de Barros – Luiz Poeta

Sala de Leitura de Escola Municipal do Rio de Janeiro recebe o nome do escritor, poeta e professor Luiz Gilberto de Barros – Luiz Poeta

Eventos por Sandra Hasmann em 2017-08-04 13:18:46


            Numa solenidade marcada pela fraternidade e pela emoção de todos os presentes, os Corpos Docente e Discente da Escola Municipal Evangelina Duarte Batista, bem como os demais servidores e os representantes do Conselho-Escola-Comunidade elegeram o Professor Luiz Gilberto de Barros, conhecido nos meios literários como Luiz Poeta, para Patrono da sua Sala de Leitura e Biblioteca.

 A Unidade Escolar supracitada pertence à 5ª CRE do Município do Rio de Janeiro e tem, como Gestores, Eliane Simeão – Diretora, Marli Stuart -  Subdiretora, Walter Alessandro – Coordenador e Prof.ª Bárbara Meira – Coordenadora da Biblioteca.

 A Rede Mídia Sem Fronteiras foi a primeira entidade a doar obras relevantes para a Sala de Leitura Luiz Poeta, entre as quais estão as Coletâneas Sem Fronteiras pelo Mundoe o livro Conversa (A)fiada, de Dyandreia Portugal, Presidente da entidade.

 Segundo Luiz Poeta, os livros catalogados a partir da sua escolha como Patrono da Biblioteca, iniciam-se pelo número 0001, por opção da sua Coordenadora, Prof.ª  Bárbara Meira e, por este motivo, obras como as doadas pela Rede Sem Fronteiras, pelo Centro de Literatura do Forte de Copacabana e por autores expressivos como Iraí Verdan, Marice Prisco, Ana Maria Pereira e outros que certamente comporão o novo acervo, iniciam uma nova história na vida do poeta e da própria Unidade Escolar, por onde passaram ilustres alunos e artistas, como o arranjador Cristóvão Bastos, o escritor e poeta Luiz de Aquino e a luminosa escritora e crítica literária Rejane Machado.

 Para o Professor Luiz Gilberto de Barros, esta foi, sem dúvida a maior emoção da sua vida como Mestre, Poeta e Escritor, pelo reconhecimento, em vida, da sua eclética obra artística e do seu trabalho durante anos de magistério, como docente de Língua Portuguesa e Literaturas Brasileira e Portuguesa, prestada pela sua amada escola. E conclui:

 “Obrigado, Dyandreia Portugal por privilegiar-nos com a sua afetuosa contribuição em prol da cultura, da sociedade e da educação. A máxima do “Sem Fronteiras” diz tudo: “Juntos, somos mais fortes!”.


 Fotos – Legenda:

 * Luiz Poeta com a Mestra Marli Stuart, idealizadora do projeto.

 * A Escola toda em festa para a inauguração da Biblioteca com o nome do professor poeta.

 * Corpo docente e servidores da Escola Evangelina Duarte Batista no animado coquetel de confraternização da Biblioteca Luiz Poeta.

 Crédito: Acervo Luiz Poeta

 

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também