Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Literatura > Niterói: além de livros e agendas

Niterói: além de livros e agendas

Literatura por Jordão Pablo de Pão em 2017-08-17 23:44:04
Niterói é mesmo uma cidade que vai além dos livros. Culturalmente, é um dos pólos mais efervescentes neste tempo difícil de crise econômica e de transtorno ético-moral. Quando fui trabalhar no Teatro Municipal João Caetano, jamais poderia prever o ponto a que a literatura me trouxe e está me levando. Criar nesta cidade não está entre as coisas mais difíceis feitas por mim. Andar por aqui sem a correria deste tempo líquido febril (viva Bauman!) proporciona uma experiência cultural muito singular. Há muitos espaços que são utilizados para eventos e para se produzir arte. Deixe sua agenda um pouco de lado. Ou crie espaços nela para esta oportunização.

Saindo do centro de Niterói e chegando ao Solar do Jambeiro, casarão cuja programação hoje coordeno, são tantas as oportunidades de se experienciar os produtos de nossa gente! O espaço da cidade se torna, nesta perspectiva, motivação para o contato humano, o que resume bem como vejo a arte. Logo, o grande problema deste lugar não é a dificuldade em acessar a cultura, talvez sim a sua divulgação. Saber de um evento pode ser um desafio, mas caminhar pelas vias e dar asas à curiosidade de entender os processos sociológicos pode nos proporcionar nova existência.

Um dos meus princípios de atuação social consolida-se em colocar arte e público democraticamente interagindo. Neste sentido, minha estreita ligação com a literatura faz com que empunhe sua bandeira e a sua propagação seja minha meta. Sou produtor literário, antes de ser cultural. Os livros, o texto escrito carrega consigo a referência ao diálogo, à troca de gente com gente. Encaro a disseminação da literatura como um termômetro para se avaliar o estágio de evolução de uma sociedade. Niterói, Rio de Janeiro, Brasil ainda não estão preparados para um protagonismo. Deve-se fazer com que os livros tracem rotas para o contato real, fonte de d/significação do ser humano. Esta é minha causa.

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também