Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > SOLENIDADE DE POSSE DA ACADÊMICA REGINA COELI VIEIRA DA SILVEIRA E SILVA, NA ACADEMIA FLUMINENSE DE LETRAS.

SOLENIDADE DE POSSE DA ACADÊMICA REGINA COELI VIEIRA DA SILVEIRA E SILVA, NA ACADEMIA FLUMINENSE DE LETRAS.

Geral por Alberto Araújo em 2017-10-21 00:59:40

A Academia Fluminense de Letras tem nova imortal: a professora Regina Coeli Vieira da Silveira e Silva, que tomou posse na última quinta-feira, 19 de outubro, em concorrida solenidade presidida por Waldenir de Bragança. A novel acadêmica passou a ocupar a Cadeira nº 34, patronímica de Pereira da Silva (Conselheiro), sucedendo aos acadêmicos Honório Silvestre, Thiers Martins Moreira, Celso Kelly e Walter Di Biase.


Saudação

A saudação, pelo acadêmico Wainer da Silveira e Silva, marido da empossanda, revestiu-se de especial emoção e carinho. 
 
Wainer relembrou que Regina foi aplicada aluna do Instituto Abel, em Niterói, formando-se em Letras pela Universidade Federal Fluminense e, mais tarde, concluindo o mestrado em Relações Internacionais através de bolsa de estudos pela Organização dos Estados Americanos, ao qual se seguiu o Doutorado em Comunicação pela Ohio University, através de bolsa do CNPq. 
 
Ressaltou sua trajetória profissional, citando a atuação, durante muitos anos, no Curso de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense, e a posição que ocupa hoje como professora titular do curso de Comunicação Social e coordenadora do Núcleo de Estudos em Comunicação e Pesquisa da Universidade Salgado de Oliveira.
 
Falou dos trabalhos apresentados em diversos congressos no Brasil, nos Estados Unidos e em outros países da América Latina, das poesias e artigos publicados, e das homenagens recebidas pela nova imortal - entre elas, a Cátedra Interamericana de Pesquisa 2000 do Colégio das Américas/COLAM, instituição internacional com sede no Canadá, e o Prêmio Mulher Cidadã Leolinda de Figueiredo Daltro, outorgado pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Agradecimento

Em seu pronunciamento, a nova acadêmica relembrou seus laços familiares e a criação amorosa que recebeu dos pais, Lázaro Cavalcanti Vieira (In memoriam) e Maria José Cavalcanti Vieira, que sempre encorajaram e apoiaram os filhos em suas formações e carreiras.

Fez comovente homenagem à mãe, professora Maria José, que fez questão de comparecer apesar da dificuldade de locomoção, e bela declaração de amor ao marido, acadêmico Wainer, agradecendo pelo companheirismo e apoio incondicionais durante sua caminhada em comum.

Recordou, ainda, a professora Regina, o foco inicial de sua carreira - a história da mulher e da luta por sua emancipação, mais tarde passando a abranger a inclusão de todas as minorias:

Luto para que não tenhamos em nossa sociedade discriminação de espécie alguma, seja de deficiência, ou de gênero, de etnia, de classe, de idade, de orientação sexual, religiosa ou política\\\", a abranger a inclusão de todas as minorias: Inicialmente essa luta tinha como foco a mulher. Hoje, luto pela inclusão de todas as minorias em nossa sociedade, para que possam usufruir de todos de todos os seus direitos como cidadãs plenas.
 


POSTADO TAMBÉM NO FOCUS PORTAL CULTURAL



Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também