Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Literatura > Formidable

Formidable

Literatura por Renata Barcellos em 2018-01-20 14:10:38

Quarta-feira, dia 17 de janeiro, tive a enorme alegria de assistir ao show Formidable de Mauricio Baduh (texto, roteiro e concepção), única apresentação no teatro Net Rio. Como professora de Francês foi uma viagem no tempo: da época da minha graduação em Letras (Português/Francês) na UFF e das aulas em cursos de idiomas. O show ocorre entremeado pela história do ator / cantor com sua relação com a canção francesa. Na década de 1970, foi morar com a família em Paris. Seu pai, engenheiro militar, foi transferido para lá. As suas memórias afetivas da “Cidade luz” emocionaram-nos. Foi um misto de choro (ao ouvir músicas como Hymne a l’amour e La vie en rose) e de riso (com os relatos de sua infância na bela cidade). Segundo ele:

— A minha própria história conduz o espetáculo, repleto de afeto e lirismo. Ainda criança, fui morar lá e devo toda a minha iniciação musical à França. Claro que eu e o país mudamos. Mas todas essas memórias ainda existem em forma de sonho, provenientes do olhar de um menino.

Formidable, com Maurício Baduh, é um espetáculo com direção musical de Liliane Secco). O cenário é constituído pela Torre Eiffel ao fundo, uma mesa, uma cadeira, um rádio antigo, uma mala e dois abajures e pelos músicos Gustavo Salgado (piano), João Mario Macedo (contrabaixo), Carlos Almeida (bateria) e Priscila Azevedo (acordeão). O repertório muito bem escolhido é composto por canções imortais de Montand, Piaf, Aznavour, Brel, Trenet, Moustaki, Becaud, Legrand... como “Femme comme femme”, “Les Feuilles Mortes”, “La Mer”, “Et Maintenant”, “La Bohéme”, “C’est si Bon”, “Ne me Quitte Pas” “Tous le Visage de l’Amour”, “Hymne à L’Amour”, “Hier Encore”, “Les Moulins de mon Coeur”, “Emmenez-Moi” entre outras.

Adorei quando mencionou Jacques Prévert (1900 - 1977). Poeta presente da graduação aos cursos de idioma. Meu preferido é

CAFÉ DA MANHÃ

Pôs café
na xícara
Pôs leite
na xícara com café
Pôs açúcar
no café com leite
Com a colherzinha
mexeu
Bebeu o café com leite
E pôs a xícara no pires
Sem me falar
acendeu
um cigarro
Fez círculos
com a fumaça
Pôs as cinzas
no cinzeiro
Sem me falar
Sem me olhar
Levantou-se
Pôs
o chapéu na cabeça
Vestiu
a capa de chuva
porque chovia
E saiu
debaixo de chuva
Sem uma palavra
Sem me olhar
Quanto a mim pus
a cabeça entre as mãos
E chorei.

E um de seus textos na voz de Yves Montand

 

As Folhas

 

Os dias eram felizes quando éramos amigos.

Naqueles dias, a vida era bela,

E o sol mais quente do que hoje.

As folhas mortas coletadas com a pá

Você vê, eu não me esqueci ...

As folhas mortas coletadas com a pá,

Lembranças e arrependimentos também

E o vento do norte os carrega

Na fria noite do esquecimento.

Você vê, eu não me esqueci

A música que você cantou para mim.

 

Esta é uma música que nós gostamos.

Você, você me amava e eu te amava

E nós vivíamos os dois juntos,

Você que me amou, eu que te amei.

Mas a vida separa aqueles que se amam,

Lentamente, em silêncio

E o mar apaga na areia

Os passos dos amantes desunidos.

 

As folhas mortas coletadas com a pá,

Lembranças e arrependimentos também

Mas o meu amor silencioso e fiel

Sempre sorri e agradece a vida.

Eu te amei tanto, você estava tão bonita.

Como você acha que eu vou esquecer?

Naqueles dias, a vida era mais bonita

E o sol mais quente do que hoje.

Você era minha doce amiga

Mas eu lamento que nada regressará

E a música que você cantou,

Sempre, sempre vou ouvir!

 

Vale destacar um pouco da trajetória de alguns cantores como Edith Piaf  (1915 – 1963), Era conhecida como \\\\\\\"La Môme Piaf\\\\\\\" no início da carreira. Muitos de seus sucessos são clássicos da canção francesa, como La vie em rose, Hymne a l’amour et  Ne me quitte pas (minhas preferidas). Com interpretação e voz únicas (piafianas), inspirou muitos compositores, foi mentor de jovens artistas, como Yves Montand, Charles Aznavou e George Moustaki e teve reconhecimento internacional. O fim de carreira foi devido aos graves problemas de saúde. O que culminou em sua morte aos 47 anos.

Charles Aznavour (1924) é cantor, letrista e ator. Além de ser um dos mais populares da França, é também um dos cantores mais conhecidos no exterior. Ele atuou em mais de 60 filmes, compôs cerca de 850 canções. Começou sua turnê global de despedida no fim de 2006.

Michel Legrand (1932) pianista, arranjador e compositor francês. Construiu sua carreira compondo para o cinema: trilhas sonoras de LolaLes Misérables...  

 

Mauricio Baduh  já interpretou canções de Sinatra, no espetáculo “Loucos por Sinatra”, após 15 anos da morte do maior cantor do século XX, com grandes sucessos. No teatro, fez (entre outros) “Um Amor de Vinil” e Nós Sempre Teremos Paris. Esta foi ambientada num café no Boulevard Montparnasse, com texto de Artur Xexéo e direção de Jacqueline Laurence, com Françoise Forton, Maurício Baduh e mais 3 músicos ao vivo, apresenta uma viagem romântico-musical, com pitada de humor, pelo repertório francês do século XX.     Os atores interpretam 16 canções francesas como:  “C’est si bom” e “La vie en rose”. Nesta apresentação de Formidable, pudemos ver os dois lados dele: ator (ao narrar sua vivência em Paris) e cantor (ao interpretar belas canções conhecidas, clássicos da música francesa). Vale ressaltar que o texto, o roteiro e concepção são de autoria dele. A iluminação da Torre Eiffeil a cada momento estava adequada ao conteúdo. O humor atravessou toda a apresentação como o OUI e EAU da babá. très bien!!!

Algumas interpretações destacaram-se como Ne me quitte pas, La vie em rose, La boheme et Et  maintenant em inglês de Sinatra. Gentilmente, Badihpediu licença para cantar algumas em outro idioma: inglês (excelente também).

Quem não assistiu à apresentação ou não soube dela, há a oportunidade dia 13 de junho no Imperator!!! Vá viajar pelas belas canções francesas na voz de Maurício Baduh!!! Não passei as férias em Paris. Mas, por alguns instantes, diante da imagem da Torre Eiffeil e ao som... VIAJEI!!!!

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também