Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Eventos > CINE JAZZ DO JAMBEIRO FAZ HOMENAGEM A MUSA BILLIE HOLIDAY. IMPERDÍVEL!

CINE JAZZ DO JAMBEIRO FAZ HOMENAGEM A MUSA BILLIE HOLIDAY. IMPERDÍVEL!

Eventos por Alberto Araújo em 2018-08-24 15:41:58

            


O Solar do Jambeiro recebe nesta terça-feira, 28 de agosto, a partir das 19h, mais uma edição do projeto Cine Jazz, desta vez homenageando Billie Holiday, uma das maiores divas do jazz norte-americano. Após a exibição do filme "Billie Holiday / Live in Europe 1950", cantora Taryn Szpilman fará uma apresentação acompanhada pelo pianista Lulu Martin e pelo baterista Claudio Infante. A entrada é franca e a classificação indicativa, 14 anos.


Billie Holiday foi uma das mais comoventes cantoras de jazz de sua época. Sua voz etérea, flexível e levemente rouca, sua dicção, seu fraseado, a sensualidade à flor da voz, expressando incrível profundidade de emoção, a aproximaram do estilo de Lester Young, com quem, em quatro anos, gravou cerca de cinquenta canções, repletas de swing e cumplicidade. Lester Young foi quem lhe apelidou "Lady Day".


Nascida na Filadélfia em 1915, Eleanora Fagan Gough, conhecida pelo nome artístico Billie Holiday, é considerada pra alguns críticos e músicos do gênero como a maior de todas as cantoras de jazz. Seu pai, guitarrista e banjoista, abandonou a família quando Billie ainda era bebê, seguindo viagem com uma banda de jazz. Sua mãe, ainda adolescente, frequentemente a deixava com familiares. Menina americana negra e pobre, Billie passou por todos os sofrimentos possíveis. Aos dez anos foi violentada sexualmente por um vizinho, e internada numa casa de correção para meninas vítimas de abuso. Aos doze, trabalhava lavando o chão de prostíbulos. Aos quatorze anos, morando com sua mãe em Nova York, caiu na prostituição.



Sua vida como cantora começou em 1930 quando na busca de algum dinheiro, entra em um bar do Harlem e se oferece como dançarina, mostrando-se um desastre. Penalizado, o pianista perguntou-lhe se sabia cantar. Billie cantou e saiu com um emprego fixo. Após três anos cantando em diversas casas, atraiu a atenção do crítico John Hammond, por meio de quem ela gravou seu primeiro disco, com a big band de Benny Goodman. Era o real início de sua carreira. Começou a cantar em casas noturnas do Harlem (Nova York), onde adotou seu nome artístico. Billie nunca teve educação formal de música e seu aprendizado se deu ouvindo Bessie Smith e Louis Armstrong.


Cantou com as big bands de Artie Shaw e Count Basie. E foi uma das primeiras negras a cantar com uma banda de brancos, em uma época de segregação racial nos Estados Unidos. Consagrou-se apresentando-se com as orquestras de Duke Ellington, Teddy Wilson, Count Basie e Artie Shaw, e ao lado de Louis Armstrong.


A partir de 1940, apesar do sucesso, Billie Holiday, sucumbiu ao álcool e às drogas, passando por momentos de depressão, o que se refletia em sua voz. Pouco antes de sua morte, em 1959, Billie Holiday publicou sua autobiografia em 1956, Lady Sings the Blues, a partir da qual foi feito um filme, em 1972, tendo Diana Ross no papel principal.


Taryn Szpilman


Taryn nasceu em um berço musical e, há mais de uma década, vem se aprofundando e se dedicando à tradição do Jazz & Blues, e suas vertentes como Soul e Rock Clássico. Como vocalista do Rio Jazz Orchestra gravou 2 discos, um DVD, estrelou e escreveu o aclamado espetáculo "Tributo à Billie Holiday" em 2003 e, posteriormente, um outro musical de sua autoria, "Divas do Jazz".


Com uma vasta experiência como intérprete, nos últimos anos tem frequentado todos os grandes e renomados Festivais de Jazz & Blues pelo Brasil, podendo citar o Rio das Ostras Jazz & Blues e Guaramiranga Jazz & Blues entre outros, além das passagens pelo exterior, como o Montreux Jazz e um trabalho produzido por Andy Summers (guitarrista da legendária banda "The Police") em Los Angeles.


O Cine Jazz é uma realização da Secretaria Municipal de cultura/FAN, com curadoria do produtor Paulo Renato Rocha.


SERVIÇO

Cine Jazz homenageia Billie Holiday

Artista Convidado: Taryn Szpilman

Data: terça-feira, 28 de agosto

Horário: 19h

Duração: 90 minutos

Capacidade: 60 lugares

Entrada Franca

Classificação indicativa: 14

Local: Solar do Jambeiro

Endereço: Rua Presidente Domiciano, nº 195, Boa Viagem.

Telefone: (21) 2109-2222




 


FONTE

Departamento de Imprensa SMC/FAN

Secretaria Municipal de Cultura - Niterói

Fundação de Arte de Niterói - FAN


 

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também