Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > Professora Ana Paula Mello Educadora em Niterói é uma das vencedoras do 21º Prêmio Educador nota 10.

Professora Ana Paula Mello Educadora em Niterói é uma das vencedoras do 21º Prêmio Educador nota 10.

Geral por Alberto Araújo em 2018-10-26 20:17:05

                

PROFESSORA ANA PAULA MELLO EDUCADORA EM NITERÓI É UMA DAS VENCEDORAS DO "21º PRÊMIO EDUCADOR NOTA 10", MAIOR E MAIS IMPORTANTE PRÊMIO DA EDUCAÇÃO BÁSICA BRASILEIRA. ANA PAULA MELLO - PROFESSORA PESQUISADORA E ALUNA DO CURSO CONHECENDO NITERÓI, PARCERIA DO IHGN E FME NITERÓI. (CLICAR NA SETA PARA ASSISTIR AO VÍDEO)




Com o tema: "O MEU LUGAR: EDUCAÇÃO E MEMÓRIA DE NITERÓI", desenvolvido com os alunos da turma de Geografia - Fundamental II, na Escola Municipal Levi Carneiro em Niterói, RJ a professora Ana Paula conseguiu fortalecer a relação dos estudantes de 6º e 7º ano, por meio do trabalho de educação patrimonial, com os bens culturais e naturais de Niterói. Em um julgamento prévio, eles disseram que não havia nada a se conhecer no município. Percebendo que seus alunos, apesar de frequentarem a praia de Itaipu, nunca tinham notado a existência de sambaquis, desenvolveu uma sequência didática para contemplar essa situação geográfica e despertá-los para questões ambientais. Desenhos, registros de imagens, oficinas de Arqueologia e uma saída de campo ao Museu de Itaipu contribuíram para entender o valor do patrimônio, da paisagem e do lugar. Craque na escuta atenta dos alunos, a professora transformou várias sugestões dadas por eles em atividades, como a montagem de uma horta no pátio da escola, e organizou visitas a outros espaços relevantes do município, como o Museu de Arte Contemporânea de Niterói e o Museu Janete Costa de Arte Popular.

********************

A 21ª edição do Prêmio Educador Nota 10 já tem seus vencedores. Entre os nomes escolhidos está o da representante de Niterói (RJ), Professora Ana Paula Mello, da Escola Municipal Levi Carneiro. O prêmio é de R$ 15 mil para o professor ou gestor e um vale-presente de R$ 1.000,00 para a escola onde o projeto foi desenvolvido. Além disso, os vencedores concorrem ainda ao prêmio de Educador do Ano, que será escolhido em cerimônia em São Paulo, em outubro.

Com o projeto “O meu lugar. Educação e memória de Niterói”, Ana Paula, professora de Geografia, conquistou os jurados. A professora conseguiu fortalecer a relação dos estudantes de 6º e 7º ano, por meio do trabalho de educação patrimonial, com os bens culturais e naturais de Niterói. Percebendo que seus alunos, apesar de frequentarem a praia de Itaipu, nunca tinham notado a existência de sambaquis, desenvolveu uma sequência didática para contemplar essa situação geográfica e despertá-los para questões ambientais. Desenhos, registros de imagens, oficinas de Arqueologia e uma saída de campo ao Museu de Itaipu contribuíram para entender o valor do patrimônio, da paisagem e do lugar. Craque na escuta atenta dos alunos, transformou várias sugestões dadas por eles em atividades, como a montagem de uma horta no pátio da escola, e organizou visitas a outros espaços relevantes do município, como o Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

Além de Ana Paula, outros nove educadores que desenvolveram experiências pedagógicas de destaque nas escolas em que trabalham foram escolhidos por uma comissão de especialistas entre os mais de 4 mil inscritos. Os selecionados são dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. O Educador Nota 10 é uma iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Rede Globo, organização da Fundação Victor Civita e da Fundação Roberto Marinho, com apoio da Associação Nova Escola e patrocínio da Fundação Lemann e Somos Educação.

Dos 10 projetos vencedores, seis são trabalhos realizados com alunos do Ensino Fundamental II, três com turmas do Ensino Fundamental I, e um com o Ensino Médio. Os segmentos Fundamental I e Fundamental II contemplam um projeto de EJA (Educação de Jovens e Adultos) cada. As disciplinas são variadas, indo de Educação Física a Matemática.

Ana Paula Mello ainda concorreu ao título de Educador do Ano, escolhido em outubro, em cerimônia na cidade de São Paulo.
“Trabalhar Educação Patrimonial ajuda a fortalecer a relação dos jovens com os bens culturais e naturais, sensibilizando-os sobre a sua responsabilidade na valorização e preservação do patrimônio.” Disse: Ana Paula Mello.

FONTE:
DIVULGAÇÃO-FVC

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também