Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Literatura > Literatura com Prestígio no CEF Metropolitana

Literatura com Prestígio no CEF Metropolitana

Literatura por Dinorá Couto Cançado em 2019-04-19 17:59:25
Uma tarde memorável que precede o encontro com alunos numa escola admirável  - CEF Metropolitana - da Rede Pública de Ensino, pertencente à Regional de Ensino do Núcleo Bandeirante.
Um primeiro encontro, um café Literário, em coordenação coletiva dos professores,  ocorrido na Biblioteca da Escola com os profissionais da mesma, no dia 17/04/2019, a partir das 14 h, já com próxima data marcada para o encontro com os alunos, no próximo mês, dia 21.
Com  professores que atuam em sala de aula no matutino com  alunos do 1º ao 5º ano, o Café literário, preparado, divinamente, pela escola, fez parte da programação do Sindicato dos Escritores do Distrito Federal que idealizou e programou  o 1º Circuito de Contação de Histórias. E, Dinorá Couto, uma das sindicalizadas, entrou na programação.  Por isso, houve contação de histórias teatralizadas dos livros da autora presente – Dinorá Couto Cançado,  com o livro Lango e Tixa: Papo que espicha, onde Leonna Fontes (coordenadora da BiblioBraille) e Roberta Lopes (do CEF Metropolitana) dramatizaram os personagens, com figurino próprio.
Houve troca de experiências e apresentação do Projeto “Literatura com Prestígio”, idealizado e executado  por Jeanne Aragão, responsável pelo convite à autora Dinorá.  Projeto este que já ganhou o 1º lugar, em 2015, no “Fórum Brasília, capital das leituras”, edição realizada por Dinorá Couto, na Biblioteca Pública Braille, em Taguatinga-DF. Uma iniciativa de sucesso e onde quer que Jeanne atue, ela leva esse projeto bem sucedido para desenvolver em sua nova escola.  E, com essa prática de levar escritores brasilienses em escolas, já tive a alegria de ser convidada por Jeanne na EC 03 e, agora no CEF Metropolitana, ambas na Regional do Núcleo Bandeirante.
Com  a presença da Diretora Kennya de Alcântara Marques e do vice-diretor Luis Carlos Kienteca, os professores da Sala de Leitura -  Jeanne Santos Aragão, Melissa Martins Alves  e  Roberta Lopes da Silva e um grupo de, aproximadamente, 20 professores, o primeiro café literário do ano na escola, transcorreu num clima de muita harmonia, emoção, comprometimento, interesse e, com resultados surpreendentes, aceitaram, prontamente, a adoção do projeto Literatura com Prestígio, adquirindo os cinco títulos da autora presente para trabalhar com os alunos em sala de aula, para depois, ocorrer  o encontro da escritora com os alunos.
Quanto ao Projeto "LITERATURA COM PRESTÍGIO", Jeanne o  desenvolve na escola para séries iniciais,  Melissa, companheira de Jeanne na Biblioteca,  trabalha com os anos finais e Roberta iniciou esse ano na escola e desenvolve outro tipo de projeto, de contação de histórias.  Mas todas alinhadas num só propósito LITERATURA, conforme afirma Jeanne.
Na troca de experiências, casos significativos como o da professora que interessou por livro em Braille, gerando convite para aluna cega entrar na AIAB – Academia Inclusiva de Autores Brasilienses.  As primeiras providências já acontecem e a escola já enviou os primeiros nomes para contatos necessários. A professora Marise,  da aluna dv Juliana, disse que tem interesse, claro. E falarão com a mãe e com a diretora, com retorno previsto da resposta semana que vem. O nome da professora da aluna deficiente visual Juliana de Sousa Oliveira  é Marise Maria de Carvalho. E o nome da mãe de Juliana de Sousa Oliveira  é Rosimeire Pereira de Sousa Oliveira.
Ao ser contemplada com um livro infantil  na escola, Dinorá vê que uma criança é autora do mesmo junto com a mãe e já pensa em convidar essa autora mirim para ser patrona na AIAB da aluna cega, sem imaginar que essa autora mirim era aluna da escola. No outro dia, quando chegam os dados pedidos dos professores vêm  o de Ayana Thainá ( a autora mirim),  juntos. O nome da professora de Ayana Thainá Sobral Luiz  é Andréia Cristina do 3°ano B. O nome da mãe de Ayana Thainá Sobral Luiz é Cristiane Sobral Correa Jesus Luiz, autora consagrada de Brasília.
 Que providência divina! O livro recebido e que possibilitará esse desdobramento da história, com  ambas tornando-se acadêmicas, intitula-se “Tainá a guardiã das flores”, com texto de Ayana Sobral e Cristiane Sobral (mãe e filha),  belíssimas ilustrações de NeMaria, publicado pela editora Avá. Ah, dentro da Biblioteca, um painel enorme de pintura da capa do livro, arte de Roberta Lopes,  que acaba de  dar um depoimento impactante. Ei-lo:
“Que bacana!!!
Desde ontem estou em meio à expectativas mil. As falas da senhora e da Leonna foram muito fortes pra mim. Ouvir "Sonhem grande" e vislumbrar um caminho gratificante, honroso de trabalho é algo raro. Emociona mesmo!
Eu fui, por 21 anos merendeira da Secretaria e,  por ocasião da extinção da carreira, tive que deixar um trabalho ao qual eu dava muita importância e era muito feliz. Quando fui obrigada a cambiar para outra atividade, propus à minha diretora a inclusão no ppp de um projeto de contação de histórias, em função de experiência prévia num semestre de literatura infantil.
Em virtude disso, desde 2015 sou contadora de histórias em formação. Sinto muitos temores em relação à prática de minha nova atividade na escola e momentos como o de ontem me sorriem e indicam que estou no caminho certo, que, se por uma atitude monocrática, arbitrária e violenta eu tive que sair da cozinha, Deus me presenteou com possibilidades e caminhos que eu jamais suporia viver.
Muito obrigada por vir a nossa escola e nos trazer tua palavra altruísta.
Respeitosamente,
Roberta Lopes!.”
Outros depoimentos:
Marise Maria de Carvalho “ Foi um momento mágico com a escritora Dinorá Couto, com as contadoras de histórias e de uma ótima socialização com os colegas de trabalho. Amei!!!!!!!”
Jeanne Santos  “Obrigada Dinorá pelo incentivo à leitura. A Oficina de Leitura potencializou sonhos maiores. Estamos gratos pela sua presença preciosa na sala de leitura da Metropolitana. Continuaremos esse trabalho e aguardamos seu retorno pra mais interatividade juntamente com os alunos, servidores e pais. Um grande abraço.
E uma postagem de Jeanne Santos nas redes sociais resume a tarde:
“Hoje na escola C.E.F. METROPOLITANA houve democratização do acesso à leitura por meio da Oficina Literária com a renomada escritora DINORÁ COUTO CANÇADO, tendo o SINDESCRITORES promovido o 1°CIRCUITO DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS em escolas do D.F., incentivando e mantendo o hábito da produção literária por meio da Contação de Histórias e Oficinas de Criação. Fui convidada pela autora Dinorá Couto Cançado (Agente cultural em literatura e autora de livros e projetos literários - Brasília, capital das leituras) para tomar posse como membro benemérita da AIAB - Academia Inclusiva de Autores Brasilienses na 35ª  Feira do Livro  de Brasília, no mês de junho/2019. Deus fiel! Agradeço a presença da escritora e também à Direção Kênia, Luís, equipe pedagógica, colegas que trabalham na sala de leitura comigo (Mel, Roberta), professores e servidores pela participação e apoio!”

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também