Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Dia Mundial da Criatividade em Brasília

Dia Mundial da Criatividade em Brasília

Cultura por Dinorá Couto Cançado em 2019-04-20 20:00:44
Uma Galeria BRAIAB de Transformações Inclusivas, na Biblioteca Braille de Taguatinga, Distrito Federal, é uma das atividades a ocorrer no país, com a finalidade de celebrar o Dia Mundial da Criatividade.
Em 2017, a ONU - Organização das Nações Unidas, reconheceu o dia 21 de abril como data oficial para celebrar a  criatividade em todo o mundo. Em 2018, Lucas Foster ativou, através da ProjectHub e LabCriativo, 13 cidades brasileiras para celebrarem a criatividade,  por meio  de diversas atividades acontecendo ao mesmo tempo, em todo o território nacional.
Brasília é uma das 44 cidades brasileiras participantes em 2019, inspiradas pela criatividade. Escolhida como líder local, Heloisa Pinho Rocha  realiza a sua atividade no CCBB , em Brasília, Distrito Federal. Após quase 30 anos trabalhando em agências de publicidade, Heloisa resolveu trilhar um novo caminho por meio  da comunicação digital e do empreendedorismo. Hoje gerencia um espaço de coworking, capacitação e organiza, faz a curadoria e apresenta o Ossobuco, conhecido como o Ted brasiliense. Ficou muito honrada por ter sido escolhida líder local para o Dia Mundial da Criatividade, porque é um reconhecimento de um trabalho de formiguinha de tantos anos, que pretende quebrar a crença de que a criatividade é talento de poucos. Acredita que todos podem viver com mais criatividade nas suas relações e no  dia a dia.
A Biblioteca Braille Dorina Nowill, em Taguatinga, Distrito Federal, também participa e sua atividade está no link: https://www.worldcreativityday.com/brazil/brasilia/atividades/mostra-galeria-fisica-na-biblioteca-braille-dorina-nowill
A Galeria BRAIAB de Transformações Inclusivas ocorrerá em  21/04/2019 com mostra virtual no facebook e 22/4, 9 h,  abertura da Mostra física   e exposição contínua aberta a visitas  até 10/05/2019, na BiblioBraille,  passando a ser itinerante em evento no Teatro da Praça em 15/5/2019 e, depois, indo pra 35ª Feira do Livro de Brasília, onde Dinorá  Couto fará a curadoria do Espaço Letras sem Limites.
As entidades anfitriãs a realizarem a atividade, celebrando o Dia Mundial da Criatividade são::  AIAB – Academia Inclusiva de Autores Brasilienses e  BBDN – Biblioteca Braille Dorina Nowill – Taguatinga - DF
A Galeria BRAIAB de Transformações inclusivas consiste numa Mostra de  48 biografias, sendo 24 pares:  24 escritores e/ou videntes e 24 deficientes visuais (cegos e baixa visão) com  histórias de criatividade  a comporem uma MOSTRA em tinta, inicialmente, depois em Braille e/ou gravada.
E, esta colunista, indicada como  Inspiradora sente-se gratificada ao ver cada biografia que entrará na exposição, a partir de amanhã, 21 de abril, celebrando, também, o aniversário de 59 anos da capital Brasília.
Dinorá Couto Cançado, a inspiradora e curadora da mostra, contou com três colaboradoras: escritora Paola Rhoden, coordenadora da Bibliobraille Leonna Fontes  e  a artista-artesã Renata Gomes.  Dinorá é uma  pessoa apaixonada por educação/cultura, não para de inventar, ousar, fazer, tentando contagiar os que a rodeiam, na maioria das vezes. Aposentada de professora há 23 anos e voluntária na  Biblioteca Braille, local este que  teve a alegria de estar à frente de sua fundação, nos seus últimos meses de professora na ativa. Lá, inventa projetos literários, uma verdadeira festa da inclusão, onde, por duas vezes, ganhou o Prêmio Ser Humano Brasília e o  Prêmio Brasil Criativo.  Outros reconhecimentos vieram e como não fazer jus a eles: ODM2005, Mãos da Cidadania, Cidadão de Ouro, Viva Leitura... criou a primeira Academia Inclusiva de Autores Brasilienses (AIAB) com 222 membros, com  apaixonados por leitura/inclusão, sendo membros correspondentes, beneméritos, honorários, titulares, pioneiros, pelo mundo afora.
Agente cultural em literatura, gestão, pesquisa, capacitação e produção cultural há 15 anos pelo FAC/SEC/GDF, desenvolve projetos de sua autoria. Pesquisadora  com  70 projetos mapeados no DF, parte do Fórum Brasília, capital das leituras, campo de pesquisa acadêmica pela Secretaria da Presidência da República, intitulada: Leitura, Cidadania e Transformação Social. Atualmente, junto com a consultoria voluntária da Bibliobraille, preside a AIAB – Academia Inclusiva de Autores Brasilienses.



Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também