Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Literatura > LIMA BARRETO E O NEGRO NA LITERATURA BRASILEIRA E LATINO-AMERICANA

LIMA BARRETO E O NEGRO NA LITERATURA BRASILEIRA E LATINO-AMERICANA

Literatura por Renata Barcellos em 2019-05-01 11:34:56

No último dia 25 de abril, quinta-feira, das 18h às 20h30, teve lugar, no auditório do Instituto Cervantes, ocorreu mais uma edição do projeto PALAVRA POR PALAVRA. A temática abordada foi a presença do negro na literatura brasileira e latino-americana (ou hispanoamericana), como personagem e como escritor, com destaque para o grande homenageado, o escritor LIMA BARRETO. E tratadas questões como literatura negra, preconceito, estereótipos e a assunção do negro como sujeito do seu discurso e de sua ação em defesa da identidade cultural. Quem discorreu sobre isso foram os palestrantes: RENATA DORNELES (pesquisadora e professora, mestre em literatura hispano-americana pela UFRJ), PEDRO BELCHIOR (pesquisador e Doutor em História pela UFF, autor do livro "Tristes subúrbios: literatura, cidade e memória em Lima Barreto", Eduff, 2017) e SERGIO FONTA (ator e diretor de teatro e TV, vice-presidnete da Academia Carioca de Letras, autor da peça “À procura de Lima Barreto”, a qual já tive a oportunidade de assistir). A programação incluiu as palestras, debates e sorteio de livros sobre o tema.

PALAVRA POR PALAVRA trata de um ciclo de palestras, apresentações e manifestações culturais seguidas de debates, organizadas e coordenadas pelos editores Carlos Barbosa e Solange Trevisan e realizadas pelo Instituto Cervantes. A edição do evento desta vez começou pela exibição de um belo documentário sobre Lima Barreto no qual foi apresentada sua biografia. E, em seguida, mencionou-se os 3 projetos do autor na obra Triste fim de Policarpo Quaresma: projeto cultural: língua materna ser o Tupi;  projeto agrícola: economia e o projeto político: “o que fazer para o Brasil dar certo? No final, foi vítima de seus próprios sonhos. Como a República traiu sua promessa?

Pedro Belchior destacou a obra Clara dos Anjos pela relevância em ser o primeiro a abordar a temática do subúrbio carioca: “o subúrbio é o refúgio dos infelizes”. Relatou ser o autor grande interprete do Brasil. E a atualidade de sua obra. 

Sergio Fonta declara ser um ato de justiça resgatar a figura de Lima Barreto. Mas nem sempre é como merece ser tratado. Diz que o subúrbio o pontificou e equiparou a Machado de Assis. Destacou duas montagens: Lima entre nós e Traga a cabeça de Lima Barreto.

Renata Dornelles destacou a presença da mulher negra em saraus, nos Islãs. Propõe duas questões para reflexão: Que mulheres são estão participando? E o que estão dizendo?.  

Cabe ressaltar que PALAVRA POR PALAVRA é realizado pelos mais variados artistas, entre escritores, autores, atores, cineastas, músicos, dramaturgos, editores, ilustradores e leitores participam a fim de apresentar seus trabalhos e/ou pesquisas. Segundo Carlos Barbosa, da

Editora Batel, o evento “visa divulgar a cultura através da palavra e do bom debate. Ao longo deste ano estão sendo abordados temas como Darcy Ribeiro e a questão indígena, Literatura na tela do cinema, o Rio de Janeiro e seus autores, João Cabral de Melo Neto e Juan Rulfo, A mulher na literatura, o negro na literatura, Música e literatura (Caetano e Cazuza), Camões e Cervantes na epopeia ibérica, além das diversas efemérides relativas a grandes escritores e artistas brasileiros, latino-americanos e espanhóis”. Uma dinâmica proposta é que, durante cada evento, os participantes podem trocar livros entre si, na chamada MESA DE LIVROS LIVRES, além de participarem de sorteio de livros dos autores ou temas em questão.

PALAVRA POR PALAVRA acontece, durante o ano de 2019, uma vez mês, das 18h às 20h30min, no Instituto Cervantes. Os eventos são gratuitos e contam com o apoio da Fundação Darcy Ribeiro, da Academia Carioca de Letras, do Instituto de Cultura Cravo Albin, da União Brasileira de Escritores e do PEN Clube do Brasil. Local: Auditório do Instituto Cervantes - Rua Visconde de Ouro Preto, 62 – Botafogo - Rio de Janeiro – RJ

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também