Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > MEMORÁVEL POSSE DE ALBERTO ARAÚJO NA ANL - Academia Niteroiense de Letras

MEMORÁVEL POSSE DE ALBERTO ARAÚJO NA ANL - Academia Niteroiense de Letras

Cultura por em 2015-07-02 12:05:56

Na festiva celebração acadêmica de 17 de junho de 2015, o poeta e jornalista Alberto Araújo, diretor da revista eletrônica Focus Portal Cultural, tornou-se Membro Titular da Academia Niteroiense de Letras (ANL). Numa cerimônia bastante concorrida pela intelectualidade local, sob a presidência da acadêmica Márcia Maria de Jesus Pessanha, o antigo menino de Luzilândia das terras do Piauí  –  seu ônfalo encantado, mas que agora fez morada no coração de Niterói  –  assumiu a Cadeira nº 22 daquela memorável instituição literário-cultural.
Com o aparato simbólico do ritual, o novel membro da Casa de Horário Pacheco foi introduzido pelos acadêmicos Franci Machado Darigo e Sávio Soares de Sousa no salão nobre do Istituto Italiano di Cultura, sediado em São Francisco (Niterói), onde se realizou o evento da posse.
Apresentado à Academia e saudado com o eloquente discurso do poeta e publicitário Paulo Roberto Cecchetti, Alberto Araújo foi analisado em dois horizontes que, no entanto, se entrelaçam: no da sua lírica poesia (com dois livros publicados: Caminhos percorridos - Eu e a Poesia e Identidade do Sol); e no de ativo divulgador dos movimentos intelectuais de Niterói em seu já internacional Focus Portal Cultural.
Em resposta, agradecendo e firmando seu compromisso de honrar os propósitos da ANL, a fala de Alberto Araújo foi expressiva e muito aplaudida. Iniciou com evocações aos Jardins de Academus da arcaica Grécia, matrizes geradoras das Academias, na qual os filósofos, passeando em grupos, iam discutindo temas e cultuando Apolo e as Musas, conforme diz o início do seu discurso de posse, cópia fornecida aos presentes:
Imerso na emoção, penetro no átrio desta egrégia Academia Niteroiense de Letras, casa da cultura, plêiade de luminares escritores de memorável tradição.  Sinto-me comovido e muito grato pela grande honra de agora integrar esta seleta confraria que cultiva o saber de Minerva, as luzes literárias do Parnaso e as lembranças de Mnemósine. Ao filiar-me a esta entidade, é como eu fosse conduzido à Academia da antiga Grécia, celeiro da inteligência no longínquo passado que deu origem às demais agremiações literárias.
Viajo no tempo e, pelos voos da imaginação, me vejo, então, passeando com os ilustres membros desta emérita entidade pelos jardins de Academus, a consagrada Academia dos filósofos gregos da arcaica tradição.  Entre as aleias do caminho e do arvoredo de Academus, sentimos juntos o resplendor de Apolo, o deus da harmonia e da inspiração poética, e também a iluminação das Musas.
E assim, vamos, peripateticamente, caminhando, lendo poesias e desfrutamos do prazer do Belo. E como autênticos companheiros, comungamos juntos o mesmo pão da literatura e da fraterna amizade.
Após a emocionante elocução do novo imortal, fez-se ouvir a palavra vibrante do jornalista Erthal Rocha. Ele testemunhou a performance de Alberto Araújo em prol da cultura e do jornalismo, enfatizando seu desempenho como comunicador intelectual da cidade.
Dentre os presentes, vale destacar os presidentes de várias instituições, jornalistas, escritores, professores e amigos: Márcia Pessanha e  Aldo Pessanha;  Matilde Slaibi Conti e o esposo José Conti; Neide Barros Rêgo e Walmir Ventura Rêgo; Renata Palmier, representando o Presidente da Imprensa Oficial Haroldo Zager; Aidyl Preis e Robert Preis; Edson Carvalho De Luna Freire; Leda Mendes Jorge e Elmir dos Santos; Shirley Araújo, esposa do novo acadêmico. Os jornalistas: Sílvia Tani; Belvedere Bruno, Hilário Francisconi; Edgard Fonseca. Os professores, escritores e amigos Eneida Barros e Newton Valle; Mauro Carreiro Nolasco; Gentil da Costa Lima; Erthal Rocha;  Cyana Leahy Dios; Zeneida Apolonio Seixas; Dulce Rocha Mattos; Alba Helena Corrêa; Wanderlino Teixeira Leite Netto; Renato Augusto Farias de Carvalho; Eugênio Simões Filho; Luiz Calheiros; Antônio Soares,  Terezinha Campos; Gilson Rangel Rolim; Marly Prates; Bruno Pessanha; Liane Arêas e Will Martins; Ângela Gemesio; Dionilce Silva de Faria e seu filho Marco Aurélio Faria; Sandro Rebel; Carlos Rosa Moreira; José Pais Moura; Ronald Gregório; Nilde Barros Diuana; José Mauro São Paio e Marlene Pessoa São Paio e o casal Swami Vivecananda e Márcia Lopes, representando os familiares de Alberto Araújo em Niterói e outros segmentos do mundo cultural.
Para coroar a noite memorável, prosseguiu a confraternização entre os presentes no refinado coquetel, conjugando, assim, na  efeméride, os esplendores do espírito aos prazeres do paladar. 

Matéria da redação do Jornal Santa Rosa, publicado em julho de 2015.




Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

ALBERTO ARAÚJO

Linda!!!!!!!!!! adorei a postagem no Sem Fronteiras, obrigado amiga de coração. Você é muito competente e atenciosa mesmo. Eternamente grato. O B R I G A D O!!!!! Abraços. ALBERTO ARAÚJO.

ALBERTO ARAÚJO

Linda!!!!!!!!!! adorei a postagem no Sem Fronteiras, obrigado amiga de coração. Você é muito competente e atenciosa mesmo. Eternamente grato. O B R I G A D O!!!!! Abraços. ALBERTO ARAÚJO.

Publicidade

Veja também