Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Cultura > Centro de Referência da Moda celebra o centenário de Alceu Penna

Centro de Referência da Moda celebra o centenário de Alceu Penna

Cultura por em 2015-07-29 23:23:09
 

A Fundação Municipal de Cultura, por meio do Centro de Referência da Moda de Belo Horizonte (CRModa), promove a exposição \"Alceu Penna é 100\", que celebra o centenário de nascimento do artista gráfico mineiro.

A montagem é organizada pela família Penna e tem curadoria de Maria Claudia Bonadio. Alguns destaques da atração serão roupas assinadas por Alceu Penna pertencentes à família do artista e uma projeção em vídeo sobre sua carreira com documentos e curiosidades. 

A mostra fica em cartaz até o dia 16 de agosto, terça a sexta, das 9h às 21h, sábado e domingo, das 10h às 14h. A entrada é gratuita.

Alceu Penna deu vida às ousadas e brasileiríssimas pinups – As Garotas do Alceu – em meados do século XX, na revista “O Cruzeiro”.

A novidade dessa montagem é trazer ao público, além das Garotas, outros trabalhos do artista ainda pouco conhecidos como figurinista, designer gráfico e estilista. O artista criou figurinos usados por Carmen Miranda nos filmes hollywoodianos “Aconteceu em Havana” (1941) para a cena do Cassino Madrilenõ e “Entre a loura e a morena” (1943), cena de abertura.

Apesar de conhecido nacionalmente pela sua atuação na revista “O Cruzeiro”, onde era responsável pelas seções de moda e “As Garotas”, Alceu pena era um artista gráfico versátil, tendo elaborado ao longo de sua carreira ilustrações para capa e miolo de livros, capa para discos, peças publicitárias, embalagens, estampas, coleções de moda, figurinos para Teatro de revista, Teatro, televisão e até fantasias para escola de samba.

Desenhou os vestidos de debutante, formatura e casamento para várias de suas irmãs e sobrinhas – alguns dos quais exibidos na mostra. Mesmo para aquelas que moravam em Belo Horizonte, enviava do Rio de Janeiro, desenho, tecidos e aviamentos para as roupas.

A curadora da mostra, Maria Claudia Bonadio, é Doutora em História pela Unicamp, professora da UFJF e autora dos livros “Moda e publicidade” (2014) e “Moda e sociabilidade” (2007). Há 10 anos realiza pesquisas sobre a obra e a vida de Alceu Penna, tendo publicado diversos artigos sobre o tema e realizado em 2007 a curadoria da exposição “O Brasil na ponta do lápis: Alceu Penna, modas e figurinos”.

Essa exposição foi selecionada pelo Edital de Ocupação do Centro de Referência da Moda, em 2015.

Exposição Alceu é 100

Até 16 de agosto, terça a sexta, das 9h às 21h, sábado e domingo, das 10h às 14h

Centro de Referência da Moda de Belo Horizonte (Rua da Bahia, 1.149, Centro)

ENTRADA GRATUITA

Informações para o público: (31) 3277-4384(31) 3277-4384

Fonte  - FMC 

Foto    -  divulgação


Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também