Rede Mídia de Comunicação | Rede Sem Fronteiras

Você está em: Início > Notícias > Geral > VIII Encontro Monárquico de Minas Gerais

VIII Encontro Monárquico de Minas Gerais

Geral por em 2015-08-07 20:48:00
Encontro Monárquico de Minas Gerais 

Entre os dias 1º e 6 de agosto, sob a liderança do Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança, foi realizado o VIII Encontro Monárquico de Minas Gerais, abrangendo as cidades de Belo Horizonte, Sete Lagoas, Montes Claros, Curvelo e Lagoa Santa.

O Príncipe Dom Bertrand, bisneto da Princesa Isabel, é o segundo membro da Família Imperial com direito sucessório.

É Oficial da Reserva da Aeronáutica, piloto de avião, advogado diplomado pela Faculdade do Largo de São Francisco (São Paulo), poliglota, desportista (tiro e hipismo), Sócio Honorário do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais e Cidadão Honorário da Cidade de Sete Lagoas.

Sendo renomado conferencista sobre temas de Política, Economia e Estratégia Internacional, é com freqüência convidado para proferir palestras em Universidades dos Estados Unidos e de países europeus.
Residente em São Paulo, com seu irmão, Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança  (primeiro da linha sucessória), está sempre viajando por  todo o Brasil levando, suas mensagens em defesa da Pátria,  de esclarecimentos e de esperança.

No dia 1º, o Príncipe esteve em Lagoa Santa, visitando Monarquistas daquela cidade. 
No dia 2, em Belo Horizonte, após Missa celebrada na igreja de Nossa Senhora do Líbano, visitou a família de um dos Diretores do Círculo Monárquico de Minas Gerais e, em seguida, compareceu ao Minas Tênis Clube do Bairro Mangabeiras, onde foi homenageado com o tradicional almoço que lhe é oferecido anualmente na Capital. 
Cerca de 140 pessoas participaram desse almoço, custeado pelos próprios participantes, representando os Monarquistas de Belo Horizonte e de outras cidades mineiras como: Barbacena, Caeté, Desterro do Melo, Divinópolis, Jaboticatubas, Juiz de Fora, Nova Lima, Pará de Minas, Sabará, São João Del Rei e outras. 

Logo no início, acompanhados ao piano, todos cantaram o Hino da Independência e foi dada posse ao novo Presidente da Juventude Monárquica: o estudante de Direito Caio Bellote

Fato relevante durante o almoço foi a apresentação do Sr. João Paulino Barbosa, que, em todo dia 13 de maio, sai de sua terra, Desterro do Melo, e vai até Petrópolis, no Rio de Janeiro, para rezar pela Princesa Isabel e depositar flores em seu túmulo. É o único brasileiro que presta esta homenagem à Redentora dos Escravos.

No final do almoço, em nome dos Monarquistas Mineiros, falou o Dr. Cláudio Utsch, Diretor de Educação do Círculo Monárquico de Minas Gerais, e o Príncipe Dom Bertrand, que, em seu pronunciamento, deu uma verdadeira aula de História do Brasil e, apresentou uma perfeita análise do atual momento político e econômico.

Encerrou suas palavras com mensagem de esperança para todos os brasileiros que permanecem na luta pela liberdade e pela democracia.

Sete Lagoas: a programação do Encontro Monárquico durou dois dias com apresentação de Dom Bertrand às Autoridades, tendo recebido especial apoio e acompanhamento do Secretário Municipal de Cultura, Dr. Márcio Vicente Silveira Santos.

O Príncipe concedeu entrevistas aos meios de comunicação da região, visitou escolas, associações classistas e instituições diversas, sempre levando sua mensagem de esclarecimentos sobre a Política, a Economia e mensagens de esperança por melhores dias, quando chegar a Restauração do Regime Monárquico.
Comovente foi a homenagem que recebeu dos Congados de Sete Lagoas, por ser ele bisneto da Redentora dos Escravos.

Comentando sobre Sete Lagoas, o Príncipe declarou que ficou deveras impressionado com o alto nível técnico e científico da EMBRAPA naquela cidade.  
 
Curvelo: após rezar na Basílica de São Geraldo, santo de sua devoção, o Príncipe foi recebido por Autoridades e Monarquistas, tendo sido saudado pelo advogado Dr. Éder Martins Sobrinho, Presidente do Círculo Monárquico de Curvelo. 

Tudo na maior cortesia e informalidade da imortal hospitalidade mineira, o que levou o Príncipe a recordar seus tempos de infância e juventude, vividos na fazenda do seu pai, no interior do Paraná.

Montes Claros: sob a coordenação do Coronel Marco Antônio de Pádua e do médico Dr. Ezequiel Novais Neto, Presidente do Círculo Monárquico da cidade, foram celebradas diversas solenidades e eventos sociais.

O Príncipe foi recebido pelo 55º Batalhão de Infantaria de Montes Claros, visitou a APAE e se encontrou com estudantes, empresários e ruralistas. 

Conversando com populares, estes se surpreenderam, ficando exultantes pela oportunidade de estar pessoalmente com o bisneto da Princesa Isabel.

Em sua cruzada pela moralização dos costumes e combate à corrupção endêmica do regime republicano, o Príncipe Dom Bertrand fez diversos pronunciamentos, esclarecendo as origens da corrupção, da pobreza e anunciando a única solução, que é aquela adotada na maioria dos países de melhores IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo.

Em todos lugares em que Dom Bertrand passou, caminhando pelas ruas das cidades, visitando igrejas, restaurantes, lanchonetes, hotéis, o Príncipe foi muito bem recebido pelos mineiros, sendo alvo de espontâneas manifestações de apreço deixando as pessoas surpreendidas com a existência de descendentes de Dom Pedro I, Dom Pedro II e da Princesa Isabel.

Dom Bertrand deixou bem claro que os descendentes da família Real estão preparados para restaurar o Regime Monárquico, no Brasil na hora e no dia em que o povo brasileiro exigir.

Informações sobre a Monarquia  poderão ser obtidas através de: acontece@monarquia.org.br

Fonte   - Dr. Mário de Lima Guerra
Fotos   - Lucinha Lima


Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

* Seus dados não serão exibidos a terceiros.

Publicidade

Veja também